Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

Teria sido 2011 um ótimo ano para os cariocas?

Futebol do Rio, segundo os otimistas, teve um ano extraordinário. Os pessimistas, ou realistas como eu, já olham de outro modo e não entra nesta de que o ano foi bom para os cariocas. Ah! O Vasco foi campeão da Copa do Brasil e três dos quatro grandes estão na Libertadores, dirão os otimistas de plantão.


Um ano bem legal para o Vasco da Gama? A Copa do Brasil prova que sim, mas o torcedor queria mais e não pode comemorar o título da Sul Americana, ficou na semifinal, e nem o título brasileiro, perdeu a chance na última rodada. Será que é exigir demais? 


O Flamengo se contenta com um título estadual, que já está em baixa já faz tempo, e com uma vaga na Libertadores. O torcedor exige muito mais e não me parece satisfeito com os resultados obtidos em 2011 e espera muito mais para a próxima temporada.


E o Fluminense, que não beliscou título algum e ficou apenas com  uma vaga na Libertadores, seria o suficiente para alegrar a nação tricolor? Muito pouco, né mesmo? E ainda dizem que o ano foi …

Clique record e responsabilidade dobrada

Estou aqui, no meu cantinho favorito da casa, pensando na responsabilidade que é postar um comentário neste blog, que atingiu ontem a marca histórica de 1.999 visitas, record absoluto desde a criação deste instrumento de informação e contato para os seguidores.


Acredito que a turma gosta mesmo de basquete americano, falei sobre a NBA e seus milionários jogadores, e a audiência subiu cinquenta por cento ou mais, sinal que escolhi certo o assunto para preencher o espaço deixado pelo futebol, em recesso aqui no Brasil. 


Hoje, procurando assunto para comentar com os amigos blogueiros, encontro nos jornais o destaque para Nenê e Leandrinho, nos jogos da segunda-feira pela NBA, mas não me chamou muita a atenção porque vi o jogo do Denver, time de Nenê, e o craque brasileiro pouco participou da vitória sobre os atuais campeões, o Dallas. 


Rodando pelos jornais encontro dois assuntos interessantes para comentar por aqui, ambos no Painel FC, da Folha de São Paulo. O primeiro tópico fala sobre a f…

Peladas ou jogos "a vera"?

Tem uma chamada, nos canais Espn, para os jogos dos campeonatos europeus, principalmente para o Inglês, que não parou neste final de ano, que diz assim: "Fiquem nos canais Espn, aqui exibimos jogos ao vivo e de campeonatos interessantes, nada destas peladas entre amigos", se não é assim é mais ou menos isto que eles querem dizer.


Concordo plenamente. As emissoras fechadas, principalmente o Sportv, perdem tempo e dinheiro com transmissões destas peladas sem graça e que servem apenas para dar um bom motivo para os jogadores curtirem seus momentos de lazer e se divertirem ao lado dos amigos anônimos ou famosos.


Ontem recebi um convite para ir a "pelada do Nunu", lá no Godofredo Cruz. Recusei educadamente e disse que não sairia de casa para ver uma brincadeira entre profissionais em férias, que no meu ponto de vista deveria ter mais privacidade em seus momentos de descanso.


A bola está rolando a "vera" na Espn e ontem vi alguns jogos do Campeonato Inglês, os doi…

Amigos se reencontraram no Parque Tamandaré

No Godofredo Cruz, Wederson Nunu e seus amigos realizaram uma bela festa do futebol. Grandes jogadores estariam presentes e, na listagem repassada para o colunista, vimos alguns nomes que dão uma baita saudade no torcedor do Americano, que hoje não tem um grande ídolo e não sabe quando terá.


Wederson é um dos mais recentes e seu antecessor, Rondinelli, estava por lá ao lado de outro, que hoje brilha na mesma posição de ambos, Léo, vice-campeão do Mundo inter clubes e campeão da Libertadores, com o Santos FC.


Não sei se Gil, pretendido pelo Corinthians, apareceu lá pelo Parque Tamandaré, como Odivan e Anderson, este de contrato novo com o Fluminense e como os outros dois, com boa passagem pelo alvinegro campista.


Andando pelo Shopping Av 28, acompanhando a esposa na troca dos presentes de Natal, vi Fernando, ou seria o mano Carlos Alberto? Será que eles apareceram no jogo das estrelas? Pelo jeitão de férias e folga creio que não chegou nem perto do vestiário do Godofredo Cruz.


Prá fechar o…

Goytacaz tem um novo mandatáriio

Jomar Garcia, um apaixonado e insistente colaborador do Goytacaz FC é o novo presidente do clube da rua do Gás. A missão de Jomar é bem complicada, mas ele conhece os bastidores do clube, sabe o caminho para a federação e o que fazer para resolver problemas externos e internos e, com apoio de um grupo forte, liderado pelo deputado Garotinho, poderá realizar um bom trabalho na sua gestão.


Não cobrem título ou acesso nesta temporada, será difícil montar um elenco com pouco tempo e com pouca grana em caixa; será complicado jogar um estadual duro e longo como o de 2012, onde os favoritos já se mexeram e estão se preparando há mais de dois meses para a “briga” por duas vagas.
Jomar Garcia assume um clube conturbado pelas duas renúncias presidenciais e, como já disse no parágrafo acima, tem a grande vantagem de saber com quem está lidando e com quem pode contar na longa jornada.

Bola Laranja está no ar

Imagem
Rose decidiu o jogo para o Chicago Bulls 

Quem gosta de basquete e assina a SKY ganhou um grande presente neste Natal. A operadora acertou com a NBA e vai transmitir três jogos do melhor campeonato de basquete do mundo por dia e o show começou ontem, com o jogaço Miami x Dallas, finalistas da temporada 2010/2011, mas os vice campeões não respeitaram os campeões e venceram com uma facilidade não esperada, Lebron James foi brilhante e levou o Miami a uma vitória espetacular, 105x94, não muito normal em jogo entre duas grandes potências da NBA.


E não parou por aí, desta vez na Espn, com Zé Boquinha comentando e Everaldo Marques narrando,  teve o clássico Chicago Bulls x Los Angeles Lakers e foi um daqueles jogos que anunciam uma grande temporada do basquete americano. A partida foi decidida nos segundos finais, Derrick Rose marcou no último segundo e selou a vitória do ex-time de Jordan por 88x87. Jogaço emocionante e digno de duas grandes forças do campeonato.


Hoje a bola continuará no ar,…

Tem futebol na terra da Rainha

E a bola não para de rolar na terra da Rainha e, valendo pela 18a rodada do turno, hoje tem sete partidas, três destas com transmissão dos canais Espn, pelo Campeonato Inglês. Tem o líder Manchester City jogando fora de casa, contra o West Brom, tem o vice-líder, Manchester United jogando no Old Traford contra o desesperado Wigan e muito mais.
Gosto do Campeonato Inglês e acredito que seja, hoje, o mais disputado do continente europeu. Há quem diga isto do Espanhol, mas por lá a briga fica por conta de Barcelona e Real Madrid enquanto na Inglaterra, além dos dois citados, o Chelsea, o Arsenal ou Liverpool estão sempre beliscando um título ou se fazendo passar como a "bola da vez".
A bola começa a rolar, nos canais Espn, às onze da manhã com o clássico do norte de Londres, Chelsea x Fulhan, no Stamford Bridge, casa dos Blues, e segue com a presença dos dois times de Manchester, o City na Espn Brasil e o United na Espn e na Espn HD.
Curta a segunda-feira de bola rolando na Inglat…

Hoje tem jogo das estrelas no Parque

O tempo bom lotou as praias e o Natal, em Campos dos Goytacazes, foi dos mais tranquilos. Me parece que o clima de paz se instalou na cidade e nem as sirenes do Corpo de Bombeiros soou aqui pelo meu lado. 


Feliz foi aquele que soube aproveitar a tranquilidade da data e curtir, com a família os momentos de alegria que o Natal nos proporciona e, tomara, que todos tenham se lembrado DELE e de seu aniversário para orar e agradecer tudo de bom que aconteceu em 2011.


JOGO DAS ESTRELAS - Hoje, lá no Estádio Godofredo Cruz, Veberson, para nós Nunu, ex-Americano, Vasco, Inter e hoje atuando no Bursaspor, da Turquia, recebe uma grande parte de seus amigos. 


Anuncia-se as presenças de Lugano (PSG/França), Felipe (Flamengo), André (Atlético Mineiro) e Maldonado, chileno do Flamengo, além dos campistas Léo (Santos), Odivan e outros, como Kieza ou Anderson, que começaram no Americano e saíram para brilhar em gramados nacionais.


Vale a pena conferir de perto logo mais, às 17h, já que os dois quilos de a…

Triste eu? Não tenho motivo

Imagem
Hoje amanheci tristonho,  com lágrimas teimando em cair pela minha face. Não tenho motivo para chorar ou estar triste em um sábado maravilhoso, com um céu de brigadeiro e um sol de matar de inveja europeu nesta época do ano.


Por que estou tristonho? Me perguntei em frente ao espelho do banheiro. Parece que de lá, do outro lado, veio a resposta que não gostaria de ouvir. “Você está longe de seus amigos de infância, de sua família e perto de quem você ama e te acompanha durante todos os dias, meses e anos, não há motivo para choro ou para tristeza”. 


Fiz um balanço do ano e vi que, realmente, estou afastado dos amigos de infância e da maioria da família. Porém, tem sempre um porém, ganhei um presente de Deus neste ano de 2012 e tenho que curti-lo muito mais do que os velhos e queridos amigos e parentes lá da terrinha.


Hoje é Natal e é por isto que me sinto assim meio borocochô e com um ar de quem precisa de carinho e companhia para um bom papo regado a uma boa cerveja, coisas que lá em Mir…

MENSAGEM DE NATAL

Imagem
Minha homenagem a quase centenária amiga, Dona Bilu, e ao meu eterno guru, Ermê Sollon, 



Todo ano é a mesma coisa, centenas de e-mails entupindo minha caixa postal e milhares de desejos de Feliz Natal e Próspero Ano Novo. Ninguém cria uma mensagem nova ou uma oração para que possamos agradecer de forma diferente ao Nosso Pai, o que já está pronto é mais fácil é só clicar copiar e colar e... Pronto, sua mensagem foi enviada.


Tudo bem, a gente entende que ninguém tem a criatividade aflorada ou que tudo o que escrever seja o seu pensamento naquele momento. 


Tudo bem, as pessoas irão entender que você quer ser igual a todos e desejar Feliz Natal e Próspero Ano Novo como se isto fosse uma obrigação neste período do ano.


E as músicas de Natal? São as mesmas desde que o velho Vicente Dutra, que este ano completaria 123 anos, já cantava quando pequeno era lá na nossa Miracema. 


Nada se cria e tudo se transforma. Músicas antigas, bota antigas nisto, são regravadas, com nova roupagem, mas o conteúdo…

E a bola não para na Europa

A bola continua rolando na Europa e proporcionando, para quem gosta de futebol, bons espetáculos nos finais da tarde do meio de semana. Ontem, na Itália e na Inglaterra, pude ver ótimas partidas e, me parece, que a escola Barcelona está fazendo sucesso entre os treinadores europeus.


Ontem vi Udinese e Juventus tentando, eu disse tentando, jogar com a bola no chão e em toques inteligentes, pena que os dois tem muito o que aprender e o 0x0 ficou até um pouco chato para quem seguiu com atenção os noventa minutos da partida.


Quem seguiu a regra e parece ter aprendido a lição foi o Manchester City, que pegou um time fechado, totalmente no estilo "ferrolho suíço" e soube tocar a bola com paciência e categoria. O City só levou 30 minutos para achar o gol do Stoke City e depois foi só administrar e chegar, com facilidade, aos 3x0 do final da partida e manter a liderança do Campeonato Inglês.


Vi pedaços do jogo entre Inter x Lecce, Campeonato Italiano, e, apesar de tomar um susto logo n…

O que deseja o torcedor campista no Natal?

Os assuntos estão escassos e somente especulações figuram no noticiário do futebol brasileiro. Por aqui, na intrépida Campos dos Goytacazes,  tudo está tão normal que até assusta o torcedor do "Trio de Ferro", que apesar de estarem se preparando para os Estaduais 2012, nada empolga a galera de Rio Branco, Goytacaz e Americano.


A espera pelas festas natalinas e, logo a seguir, das comemorações da passagem de ano, tem toda atenção do torcedor, que está sabendo o que espera por ele na próxima temporada. Assim, com este marasmo reinante na cidade, é possível ver o grande número de camisas "estrangeiras" circulando pelo Shopping Centers do município.


Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo, assim mesmo, nesta ordem, dominam a preferência do torcedor campista e os "mantos" são envergados com muito orgulho e com muito amor pelos apaixonados pelo futebol e descrentes com seus clubes locais.


Nas grandes lojas de material esportivo dos shoppings ou do centro da cidade,…

Emoções e sensações gostosas pelas ruas

Fui fechar as compras de Natal, andando aqui pelo centro mesmo, e não consegui ficar calado na caminhada até o Calçadão e nem nas lojas que entrei. Os amigos, não sabia que tinha tantos leitores assim no Ururau e no Diário, queriam saber o que aconteceu com o Santos e explicações sobre a forma de jogar do Barcelona.


Entre uma olhada aqui e outra olhada por ali conversava com um ou outro companheiro e fiquei perplexo com o grande número de mulheres que assistiram o jogo, pela Globo, no domingo pela manhã. Isto me dá uma baita de uma raiva, a Platinada compra os torneios e campeonatos e não exibe, o povo tem fome de esporte e, aqueles que não tem condições de pagar uma assinatura, fica órfão das boas novidades na telinha.


Registrada a  bronca eu retorno ao pitaco sobre as opiniões de meus leitores pelas ruas e lojas da cidade,  há inclusive um bom diálogo na Formosa, aqui pertinho de casa, onde fui parado por um companheiro de papo lá do Para Raio's Bar, que estava p... da vida com o …

Somos todos iguais...

Este negócio, envolvendo Neymar, Santos e Barcelona, me levam de volta a "Terrinha' e aos anos 50/60, quando os juvenis dos grandes cariocas visitavam Miracema para amistosos e abriam portas para a que os treinadores fizessem suas "peneiras" com os talentos regionais.


O assédio aos jovens e promissores jogadores de Flamengo, Vasco, Fluminense ou Botafogo era como se estes fossem já estrelas consagradas. Cito, por exemplo, o time do Flamengo, que tinha um ataque formado por Espanhol, Beyrute e Germano e, nada mais do que Gérson, o Canhotinha, no meio campo.


Era o suprassumo do talento jovem do CR do Flamengo. Os torcedores sabiam disto e lotavam as calçadas próximas ao Hotel Barros e o campo do América, onde o treinador Modesto Bria fez o único treino para enfrentar a seleção da cidade.


E porque me lembrei deste fato durante o final da transmissão do jogo decisivo do Mundial de Clubes da Fifa? Porque era intensa a movimentação da imprensa e torcedores para saber se a no…

As lições de Yokohama

Após a decisão do Mundial de Clubes da Fifa, vencida pelo Barcelona, Neymar falou aos repórteres com uma humildade jamais vista, sem aqueles risinhos irônicos ou gargalhadas no final de cada frase, e mostrou-se abatido com a derrota acachapante. 


Porém, tem sempre um porém, o craque do Santos FC deixou claro que a derrota serviu de lição para ele e para o futebol brasileiro. Com muita personalidade o atacante santista falou sobre os motivos da derrota e o que levará para casa com o resultado. 


Neymar parece entender onde está o erro e se põe anos a frente de seus companheiros. Dentro de campo ele é um dos poucos gênios do futebol brasileiro, e, fora dele. se mostra mais evoluído do que muitos treinadores, que até agora não entenderam que é no plano tático que os brasileiros estão em desvantagem.


Muricy tenta "tapar o sol com a peneira", ele diz que se implantar a tática do Pep Guardiola por aqui o torcedor não aceita. Quanta bobagem, meu caro Muricy, o que não temos são jogador…

Santos não jogou, idolatrou os craques do Barça

Ontem, no Armazém do Lenílson, a conversa girou sobre o toque de bola do Barcelona e da qualidade dos craques do meio campo do time catalão. Alguém contestou quando eu disse que para jogar contra tem que ser encarar de igual para igual e partir para cima da defesa deles, e que o Santos tinha uma arma especial, PH Ganso e Neymar.


Só que nem mesmo Muricy Ramalho acreditou que pudesse fazer frente ao time de Pep Guardiola e mandou prá campo um time preso, acovardado, com três zagueiros e dois volantes, e distanciou o meio campo da defesa de forma equivocada.


No meio deste primeiro tempo eu tuitei: Bola na grama=Barcelona. Bola no céu=Santos. Alguém não entendeu e mandou de lá: O Barcelona está jogando sem atacantes. Eu nem respondi por lá, e precisava?


Nem vou dizer que é "chocolate"  ou coisa e tal, ainda estamos no primeiro tempo e se tiver ousadia, coragem e deixar o medo no vestiário, é possível que o jogo fique mais equilibrado, por enquanto a posse de bola do Barcelona é inc…

Tem Barça x Santos o jogo dos sonhos

Esta partida de daqui a pouco, prá você que está lendo a coluna no Ururau ou  para quem me lê no Blog, entre Santos e Barcelona é tudo aquilo que o torcedor brasileiro sonhou nos últimos seis meses. 


Quem pensa que só haverá torcida pelo Peixe está muito enganado. A torcida do time catalão é grande e seus apaixonados fãs, espalhados por todo território brasileiro, já levantam bandeiras, vestem a camisa e envergam, com entusiasmo, o número 10, de Lionel Messi, às costas.


Na roda do bar desta sexta-feira foi fácil a gente discutir o jogo, parecia até decisão do Carioca ou do Brasileiro, pois de um lado os torcedores do Barcelona não aceitavam a provocação de um torcedor do Flamengo, do Vasco ou qualquer outro time brasileiro.


E os diálogos eram os mais incríveis, como este, por exemplo, entre um vascaíno e um flamenguista, que, coincidentemente estarão do mesmo lado na decisão do Mundial de Clubes da Fifa.


- Domingo vamos botar mais peixe na nossa paella, assim como o Real Madrid fez quando…

Será que Caetano vale tudo isto?

Esta história, que ganha a mídia neste final de semana, envolvendo Rodrigo Caetano, diretor remunerado do C.R Vasco da Gama, Unimed, patrocinadora máster do Fluminense FC, e os dois presidentes, Roberto Dinamite e Peter Siemsen, que tem opiniões contrárias a do dirigente disputado “a tapa” por grandes clubes do Brasil.


Pagar um salário de aproximadamente R$ 450 mil para ter um dirigente não me entra bem na cabeça. O que representa um homem deste num clube de futebol, que age como amador em 50% de suas atividades, e quer, com os outros 50%, mostrar ao mundo da bola que está se profissionalizando?


Não vou dizer que isto está cheirando a coisa arrumada porque não tenho provas e não duvido da integridade das pessoas, até que me provem o contrário, mas cá prá nós, bem baixinho, que ninguém nos ouça: Deixar de contratar um artilheiro ou um articulador de jogadas para contratar um homem de bastidores? Explicações aqui abaixo.


Esta situação me faz lembrar o dia que meu time resolveu jogar a Terc…

Minha opinião em dois assuntos

Dois questionamentos, um via twitter, do meu parceiro/amigo Renato Caveari, e um outro, no Shopping, quando fazia minhas compras de Natal.


Como dizia o velho Jackie, "vamos por partes": Ao Renato eu já respondi o que penso e o que torço para domingo. O amigo queria ler meu pitaco sobre Barcelona x Santos e já lhe disse minhas preferências. Você quer saber também? 


Torço por esta fantástico time do Barcelona, que me encanta há muito tempo e, com todo respeito aos fãs do Santos e de Neymar, não estou nem aí para este negócio de que "o Santos é o Brasil no Mundial de Clubes".


Isto é uma opinião pessoal e não do analista, que sabe que o Peixe tem tudo para fazer um belo espetáculo e vencer o Barça nos contra golpes liderados por Paulo Henrique Ganso e com a velocidade, habilidade e genialidade de Neymar. 


Caveari, pode acreditar, não será um jogo qualquer, será um daqueles jogos inesquecíveis, como foi aquele Santos 3 x Flamengo 4, na Vila Belmiro no primeiro turno do Bras…

Ouvi por aí e conto por aqui

Esta semana, passeando pelas ruas da cidade a procura de presentes para os familiares, encontrei alguns amigos do Noroeste Fluminense pelos shoppings e lojas por onde passei. O assunto, claro, foi a volta do Paduano EC ao profissionalismo, a queda vertiginosa do Itaperuna EC e as saídas do Aperibeense e Floresta do mundo dos profissionais.


Os amigos reclamaram das altas taxas e dos absurdos da Ferj, que sempre prejudicou os pequenos do interior em favorecimento aos do mesmo porte da capital e da Baixada. As reclamações de ex-dirigentes de Cambuci e Aperibé fazem eco com as dos torcedores alviverdes e alvinegros daquelas cidades, que lamentam profundamente a “mão grande” colocada sobre seus times nos momentos cruciais dos campeonatos.


Sei o que eles passaram e assino as reclamações. A Ferj, com seus dirigentes sentados em cadeiras confortáveis em salas atapetadas e refrigeradas, não tem dó dos pequeninos e sofredores times interioranos e segue na sua ânsia de derrubar todos em favor de s…

Uefa define confrontos da segunda fase

Estou por aqui, na minha sala, assistindo ao sorteio das fases mata-mata dos torneios promovidos pela Uefa, embora tenha que aturar os comentários estatísticos do PVC, tem a narração segura de Paulo Andrade, que conhece bem o futebol da Europa.


É gostoso ver os rostos de dirigentes e técnicos, com reações incríveis quando as bolinhas caiam, todos, sem exceção, temiam ter pela frente Barcelona, Real ou Bayer Munique, os três grandes favoritos, na opinião da cronica internacional, para a conquista da Champions League.


Quem abriu um largo sorriso foi o técnico do Benfica, Jorge Jesus, quando viu seu confronto ser sorteado e a bolinha lhe trouxe o Zenint, que em minha opinião é o jogo mais equilibrado do mata-mata, porém, tem sempre um porém, o time português tem mais tradição e camisa do que os russos.


Quem pegou o Barcelona? Era a pergunta que Ralph fez ao saber do sorteio. Cabe ao Bayer Levekusen a "honra" de enfrentar o até então melhor do mundo. O Real Madri terá pela frente o…

As mesmas cantigas de Natal

A semana se encerra sem grandes novidades, aliás, o ano está se encerrando sem grandes novidades para o futebol do norte/noroeste fluminense, muito pelo contrário, o que tivemos este ano não foi abençoado pelo tão esperado Papai Noel, que chega na próxima semana, muito menos o presente que todos os torcedores dos pequeninos times do interior gostariam de receber neste 2011 que se acaba.


Por aqui, na Rua do Gás, fico sabendo que Geraldo Pudim é o nome de consenso para a aclamação, em janeiro/2012, e última esperança de alívio para o torcedor alvianil, que rejeitou no principio da ideia, mas hoje vê o ex-deputado como solução para todos os problemas do clube.


Presente de Natal esperado pelo torcedor do Goytacaz FC é a participação do time na Série B, coisa que ainda não está definida assim como indefinida está a participação do C.E Rio Branco, apesar de o róseo negro esteja preparado, com organogramas e programação, faltando apenas o aval decisivo dos parceiros e patrocinadores.


A semana s…

Barça faz treino de luxo em Yakohama

Não foi um jogo de futebol, pelo menos neste primeiro tempo que termina agora, o que vi, no Estádio de Yokohama, no Japão, foi um treino para o Barcelona se adaptar ao fuso horário e ao gramado onde decidirá, contra o Santos, o Mundial de Clubes Fifa.


Foram, no mínimo, 70% de posse de bola catalã e dois gols, ambos marcados por Adriano, o substituto de Daniel Alves, que como Xavi, Piquet e Busquets, ficaram no banco de reservas de folga já que estão sentindo algum desconforto muscular devido a maratona de jogos do Barcelona.


Não dá para comentar ou falar algo diferente do que foi citado no primeiro paragrafo, foi um treino e Messi, a grande estrela do planeta bola, simplesmente tocou a bola para dizer "presente" e todo time se poupou evitando uma contusão, que aliás Villa foi a baixa do primeiro tempo, o atacante sentiu uma lesão e pediu para sair.


Creio que nem voltarei aqui, no final do jogo, para completar alguma coisa, a não ser para dizer que os 2x0 deste primeiro tempo fo…

Santos venceu, mas será que convenceu?

Tudo bem, o Santos venceu e está na final do Mundial de Clubes/Fifa-2012, gostei e agora vou ver aquilo que a imprensa está dizendo que será mais um "jogo do ano", contra o Barcelona, que amanhã enfrenta o limitado Al Saad, do Qatar, na outra semifinal do torneio.


Foi um bom jogo para quem gosta de um futebol aberto e sem compromisso com a marcação, principalmente no lado santista, que sofreu um bocado com a velocidade dos japoneses e com as jogadas nos costados de Durval, improvisado como lateral esquerdo, e com as bolas lançadas na área, jogada em que o Kashiwa marcou o gol e quase chegou ao empate.


Duas jogadas individuais, no primeiro tempo, dois gols santistas. No tempo final uma cobrança de falta espetacular, de Danilo, tirou o Santos do sufoco quando maior era a pressão do Kashiwa após marcar seu primeiro no jogo.


O maior pecado do Santos foi não ser um time coletivo e ficou na dependência de uma boa jogada de Neymar, de um lançamento de Ganso ou do oportunismo de Borges…

E por enquanto é Santos na final

Dizer que não gostei do Santos, neste primeiro tempo que termina agora, em Toyota/Japão, contra o Kashiwa Reysol, pelo Mundial de Clubes, seria até deselegante de minha parte. O Peixe fez o jogo que programou e, ao que me parece, liquidou a partida com dois golaços em um espaço de cinco minutos e vai administrar no tempo complementar.


Eu tuitava que o Santos insistia em procurar Neymar e centralizava muito o jogo no craque do time. Era preciso circular a bola e procurar os lados. Bingo!! Na primeira vez que a bola rolou pelo lado direito e de pé em pé, Neymar ficou livre e fez aquilo que os locutores gritam: GOLAÇO AÇO AÇO AÇO.


Com 1x0 o susto foi fatal para o campeão japonês. Borges, que até ali estava sendo figura apagada no jogo devido a centralização em Neymar, recebeu de Durval e disse: "Eu também sei fazer golaço" e... pimba, mandou no ângulo do pequeno goleiro japonês e fez 2x0.


Agora, tem um pequeno detalhe: O Santos está deixando o Kashiwa gostar do jogo e oferece muit…

Manoel Neto acerta com São João da Barra

Taí uma contratação que dou o meu aval: Manoel Neto chega a São João da Barra para tentar levar o time do litoral norte-fluminense à Primeira Divisão em 2013. 


Sou fã do trabalho deste moço, que já passou aqui pelo Goytacaz e fez um bom trabalho.  Segundo ele, e eu concordo, "forças ocultas me fizeram tropeçar durante a competição". Não foram só forças ocultas, algo estranho pairou no ar naquela oportunidade e os bastidores estavam agitados na Rua do Gás.


Daniel Machado, que naquela época era um dos dirigentes do alvianil campista, sabe disto e apostou suas fichas em Manoel Neto para levar o seu E.C São João da Barra a uma boa campanha na Série B do Rio na temporada que começa em fevereiro/2012. 


O presidente do clube sanjoanense irá se reunir com o novo treinador esta semana, no Rio de Janeiro, e traçar planos para o início do trabalho visando a estreia do time na Série B, em fevereiro. Sobre reforços ainda não houve reunião e, provavelmente, os nomes surgirão na conversa entr…

E Tite, vale o que pede?

A grande polêmica de ontem, no calçadão de Campos, na grande rede e nas conversas dos programas esportivos na tevê e no rádio, foi o pedido negado de Tite, técnico campeão com o Corinthians, de aumento de seu salário para R$ 700 mil mensais.


Comentei no Twitter e com alguns amigos, que pela primeira vez vi Andres Sanches irritado e até eu dei razões ao novo homem forte da CBF no quesito salário de Tite, que pede o que nenhum clube brasileiro pode pagar a um profissional mediano como ele.


Tenho minhas teorias no futebol e, uma destas é que técnico não ganha jogo, muito pelo contrário, as vezes o moço se sente o "rei da cocada preta", como Luxemburgo atualmente, e complicam esquemas táticos e entram em conflito com o elenco e aí a coisa desanda.


O Real Madrid para uma grande fortuna mensal ao português José Mourinho, que faz caras e bocas e não consegue o principal, ganhar do Barcelona e conquistar títulos importantes para o seu clube. O que contrata jogadores protegidos, como os…

A bola agora é do Santos

Agora quem dá bola é o Santos e pode ser, contra o Kashiwa Reyssol, o grande debut de Neymar como estrela de quinta grandeza no cenário mundial. 


Daqui a pouco, às 8:30h, o Santos, que desde 22 de junho, quando venceu o Peñarol e conquistou a Libertadores, se dedica totalmente a este Mundial de Clubes, o Santos enfrentará o campeão japonês, Kashiwa Reyssol, que já joggou duas partidas para chegar onde onde o Peixe e Barcelona já estavam pré-qualificados. 


Não sei se é o campeão japonês é o adversário que Muricy esperava para este confronto, talvez os velhos fregueses mexicanos fossem os adversários perfeitos, mas o Monterrey caiu para o Kashiwa Reyson e a sorte está lançada.


O mundo todo espera o confronto Santos x Barcelona e o tão esperado encontro entre Neymar e Messi, mas é preciso passar pelos nipônicos, que não me parece muito fácil, para encarar o Barça, que amanhã tem  um jogo muito mais tranquilo, inclusive pensando em poupar seus principais jogadores, contra o Al Saad, campeão …

Flamengo: 30 anos de uma conquista

Imagem
Hoje o Flamengo comemora os trinta anos da conquista de seu maior título, o Mundial de Clubes, que em 1981 ainda não tinha esta badalação toda e nem mesmo o apoio oficial da Fifa. O Flamengo, que encantava o Rio, ganhou o Brasil e a América do Sul antes de chegar ao Japão para ganhar o mundo com aquela vitória soberba sobre o poderoso Liverpool, três vezes campeão da Europa.


Vi, ao vivo, a bela exibição de Zico e Cia. Vi, em tapes, o jogo em que Nunes e Adílio brilharam intensamente e deixaram os ingleses perplexos em campo e sem reação para reverter os 3x0 impostos no primeiro tempo e tirar o toque de bola, bem ao estilo Barcelona de hoje, que o Flamengo executou na etapa final.


Vi grandes times exibirem nos gramados brasileiros e mundiais nestes trinta anos ou antes disto. Tive o prazer de ver o Santos, de Pelé, Coutinho e muito mais; vi o Botafogo, de Garrinha, Didi e muito mais; vi o espetacular Cruzeiro de Tostão, Piaza, Dirceu Loes e muito mais; vi o Internacional, de Falcão, Bati…

Goytacaz: Geraldo Pudim pode ser a solução

Seria mesmo a intenção do ex-deputado Geraldo Pudim assumir o Goytacaz FC a partir de 10 de janeiro de 2012? Se verdade for o grupo do hoje homem forte da prefeita Rosinha Garotinho já deveria estar atuando para montar um elenco para o Estadual da Segunda Divisão, que começa em fevereiro, e preparando terreno para sua gestão de curto prazo no alvianil da Rua do Gás.


O assunto acima veio a tona durante a confraternização da turma da Continental, no domingo passado, e desenvolvido através de ligações para minhas fontes no clube e todos, sem exceções, gostariam de ver Geraldo Pudim assumindo o comando imediatamente para que o clube não fique a deriva por falta de uma liderança positiva.


Na última eleição era vontade de Pudim participar do pleito, mas algo aconteceu e o ex-deputado saiu do páreo e montou um grupo para tentar levar o Goytacaz de volta a Primeira Divisão e agora, movido por várias facções, o seu nome passa a ser a grande esperança para que o barco não naufrague nas águas turv…

Meus parceiros... meus amigos.

Imagem
Este é da nova geração e já entrou no rol dos amigos. Granger Ferreira, editor do site Ururau e dono de um arquivo fantástico. 


O dono da festa, Evaldo Queirós, para quem pedi para não deixar o nosso rádio esportivo morrer. É a esperança dos Craques da Bola para que a festa continue.


Um abraço especial para aquele que, pela primeira vez, abriu o microfone da Campos Difusora para este que vos fala: Meu amigo Nilson Maria, o filho do irmão Bernadino. Cacá e Janete Pessanha ao lado de Sônia Tinoco, em um momento de descontração na festa dos "craques da bola"

Meus amigos... meus parceiros.

Imagem
O trio mais internacional do Rádio Campista. Duas lendas vivas e integrantes da Equipe Cultura na Copa da França/98, meus irmãos/amigos Pessanha Filho e Sérgio da Matta Tinoco.

Ao lado de duas gerações de narradores esportivos: Arnaldo Garcia e Sérgio da Matta Tinoco, profissionais de gabarito e amigos do peito.
Reginaldo Cruz é o "Pelé" dos operadores, um cara de coragem, força e muita fé. 

Meus parceiros... meus amigos.

Imagem
Ao lado do narrador Almeida Sales, o melhor jogador em campo na pelada 2012 da turma da Continental, verdadeiro craque da bola.


Meu bom amigo Valdemar, garçom e quituteiro da festa dos Craques da Bola e parceiro de fé desde que aqui cheguei, em 1985.  Apesar de vestir o "manto alvinegro" o parceiro Sidney Ribeiro merece o abraço e uma pose a meu lado
Com este velho amigo tenho muitas histórias prá contar. Grandes jornadas esportivas e alguns anos de bancada do jornal falado mais ouvido da região, o "Hora H. Cacau Borges, a voz mais bonita do rádio.
A minha área ficou desfocada pelo sol, mas brilhou a parte de Sérgio Cavalcante, um bravo companheiro e excelente comentarista.

Um bom domingo ao lado dos amigos

Imagem
Sérgio Tinoco e o filho Marcelo na festa da Família Continental

Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos habitem em união... Viver em comunidade no lar, na igreja, na sociedade e no trabalho é o que pensamos ao invocar esta abertura de um dos salmos da Bíblia Sagrada e, parece-me, que a Equipe Craques da Bola vive com esta ideia na cabeça durante toda temporada de trabalho na Emissora Continental.


Foi isto que percebi na festa de confraternização da turma liderada por Evaldo Queirós, acontecida neste domingo, no Clube dos Servidores Militares de Campos, quando se reuniram radialistas da jovem e velha guarda e companheiros da equipe radicados no Rio de Janeiro e suas famílias. 


Uma pelada, para os mais corajosos, deu o pontapé inicial da festa de congraçamento dos Craques da Bola e, me disseram que pelo menos dois "craques" deram conta do recado dentro das quatro linhas, Almeida Sales, que como um garçom serviu Sidney Ribeiro para um belo gol ao estilo Loco Abreu, segundo o aut…

A vida de um pequeno é complicada

É dura a vida de um cronista esportivo neste período do ano. As badalações acabam, as manobras de bastidores não são as mesmas do dia a dia convencional, os jogadores se refugiam nas peladas de confraternização e os dirigentes alardeiam por aí anunciando fictícias contratações, que a mídia, interessada em algo diferente, dá destaque em um dia para desmentir em outro.


Por aqui, no nosso futebol doméstico, não é diferente. O Goytacaz FC, que já contei na coluna de sexta-feira, está a procura de um presidente e a caça de patrocinadores, o Americano, conforme me disse o gerente de futebol Luciano Viana, faz as contas e procura saber como se arranjará para montar um time competitivo no ano que vem. 


E por falar no ex-atacante e hoje homem forte do alvinegro campista, tivemos um papo de vinte minutos, via celular, o suficiente para ficar sabendo que os problemas do Americano são os mesmos vividos por muitos, principalmente o clube de Parque Tamandaré, nos últimos anos: Falta investidores e, c…

Mais um espetáculo catalão no Bernabeu

Quem ainda duvidada parece que chegou a conclusão de que José Mourinho e Cristiano Ronaldo são dois personagens da mídia portuguesa e protagonistas de histórias contra pequenos ou médios times europeus. Suas histórias não terão, jamais, vitórias ou glamourosas partidas contra o Barcelona, de Pepe Guardiola, Messi, Iniesta e Xavi.


Quem viu o jogo desta noite, no Santiago Bernabeu, sabe do que estou falando e vai me dar razão. O Real Madrid abriu o placar antes de completar um minuto de jogo e depois... Bem, e depois foi o que vimos, um time covarde, sem ação e com seu principal destaque, o luso CR7, totalmente apático e uma peça nula no onze madrilenho.


E o empate veio e com ele a soberania catalã e mais um show de futebol coletivo. A individualidade esteve ausente e todos brilhavam no toque de bola inteligente e produtivo e, do outro lado, atônitos e procurando o que fazer dentro de campo, os jogadores do Real olhavam para o banco como se procurassem uma instrução de seu comandante para…

A sorte do amigo alemão: Está no hiper-clássico

Abro o e-mail, agora pela manhã, e lá encontro um recado do alemão mais brasileiro que conheço, o meu amigo Mark Olaff, fã do nosso futebol e que, como já disse por aqui diversas vezes, meu parceiro de Hotel Regente e de arquibancadas do Maracanã e outros estádios cariocas na década de 70.


Mark está em Madrid, a trabalho, e já reservou ingresso especial para o hiper-clássico (Real Madrid x Barcelona) desta noite, vinte e duas horas por lá e dezenove horas por cá, e vai ao Estádio Santiago Bernabeu com a camisa branca número oito, do Kaká, cujo futebol encanta o amigo alemão radicado atualmente na África do Sul.


"Meu caro Dutra, tenho certeza que, se você pudesse, estaria aqui neste santuário do futebol mundial para ver o maior clássico do mundo, gostaria de te enviar uma passagem para assistir comigo, mas foi tudo muito as pressas e não pude sequer trazer minha esposa, fico te devendo, mas vou pensar em ti durante os noventa minutos do jogão", disse o bom Mark Olaff.


Realmente,…

Abel Braga confessa ser alvianil

Imagem
A turma do Goytacaz, que foi ao Footecon, ensaiou uma conversa com Walter Oaquin, antigo dirigente do Flamengo e torcedor alvianil confesso, para um novo apoio ao clube da Rua do Gás para a Série B do Rio de Janeiro, que começa em fevereiro/2012.


Hoje, via Twitter, o companheiro Igor Siqueira, repórter do Lance, afirmou, com aval de Cahe Motta, que está na Inglaterra e por muitos anos foi setorista do Fluminense para o globoesporte.com, que Abel Braga é fanático pelo Goytacaz e um torcedor daqueles que acompanha os passos do clube onde encerrou a carreira de jogador e iniciou a de treinador.


Há alguns anos este mesmo Abel Braga já me disse, em entrevista a Campos Difusora, que tem um profundo carinho pelo Goytacaz e que um dia gostaria de contribuir, de alguma forma, com o clube que lhe abriu as portas quando precisava se firmar no cenário esportivo.


Então, aproveitando a deixa, parte da diretoria do alvianil, liderada pelo presidente em exercício, José Roberto Crespo, Jomar Garcia e Már…

Real e Barça mexem com o mundo da bola

Este é o sábado que muito amantes do futebol esperavam desde o primeiro semestre de 2012. Este é o sábado que teremos Real Madrid x Barcelona, pelo Campeonato Espanhol, e que, no meu ponto de vista, é uma decisão antecipada do título da temporada 2011/2012.


Há controvérsias. O Leandro Dutra, por exemplo, não concorda com esta opinião: "Ainda podem ter tropeços de ambos durante a longa jornada do espanhol", diz o filho, que ao contrário do pai tem simpatia pelo Real Madrid e Cristiano Ronaldo.


Analise comigo, meu caro blogueiro apaixonado pelo futebol da Espanha: O Barça está a seis pontos de distância do Real e uma vitória merengue deixa o time da capital nove pontos a frente do grande rival faltando ainda 20 rodadas para o final da temporada.


Você irá concordar com o Leandro e dizer: Ainda é muito cedo para cantar de galo e comemorar o título, o Real pode tropeçar. Eu pergunto: Tropeçar em quem? No Valência, no Villarreal ou no Atlético de Madrid? Três antigos rivais e que, em…

Um reencontro com o velho João

Agora pela manhã, um pouco antes do almoço e da soneca reparadora das 13 horas, recebi uma ligação via celular. Dou outro lado o velho amigo João da Cida, que um dia dividiu comigo um pedaço da calçada da Praça da Matriz a procura de fregueses para uma graxa legal em seus sapatos.


O velho e sumido amigo descobriu que tenho um blog e que escrevo sobre futebol nos jornais daqui e da terrinha. Não foi surpresa para ele, João foi um dos primeiros a saber do meu interesse por jornalismo e pela leitura diária de jornais e revistas especializadas em esportes.


Foi com ele que saí, várias vezes, para buscar o Jornal dos Sports na banca do seu Chico e, posteriormente, do filho Chiquinho, também conhecido como Maracanã devido a proeminente barriga, e que por várias vezes leu os textos que escrevia nos cadernos escolares guardados dentro da minha caixa de engraxate.


- E ai, Penacho, estou sabendo que você gosta de dar palpites e de comentar sobre futebol, que tal achou a coluna do Renato Maurício do…