Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2018

Justa e merecida Vitória do Timão

Não tive resposta para o amigo paulista, corintiano e feliz com a Vitória sobre o Flamengo, seu texto, no Facebook, foi tão perfeito que foi possível dizer apenas parabéns pela vitória e pelo belo comentário sobre o jogo.

Gilson Ricardo foi taxativo, foi curto e  inteligente no seu comentário, traduziu em poucas palavras o que aconteceu em Itaquera, na noite de ontem.

"Meu Corinthians, diz ele, de fraco para mediano, venceu um Flamengo sem alma e sem padrão de jogo, explorou as deficiências do adversário e soube ganhar com eficiência e competência,"

Dizer o que mais? Esta foi a melhor análise e os flamenguistas não poderão sequer reclamar do pior árbitro de Brasil, ontem Ricardo Marques não errou e não atrapalhou.

E Bicudo me liga: "Dutra, o Diego voltou".

Papo de Bola - Decisão para o Flamengo e Barbieri

Estou aqui olhando as notícias do mundo da bola e deparo com mais uma derrota do Manchester United, todo poderoso da Inglaterra, com elenco milionário e com José Mourinho, o gajo lusitano mais badalado depois do CR7, e vejo que os vexames tem sido tão grandes quando o do Flamengo, comandado por um jovem treinador brasileiro, Maurício Barbieri, que após ser eliminado da Libertadores, pelo Cruzeiro, com uma derrota em casa e uma vitória fora, foi crucificado e chamado de incompetente, e agora o que falar de Mourinho após ser eliminado da Copa da Inglaterra por um time da Segunda Divisão Inglesa? 

Realmente o futebol é ilógico e nos reserva sempre uma ingrata, ou grata, surpresa neste universo imprevisto do mundo da bola. Eu comento isto, no parágrafo acima, para dizer que uma vitória logo mais, em São Paulo, na Arena de Itaquera, que eliminará o Corinthians e levará o Flamengo para a final da Copa do Brasil, o jovem Barbireri, tenho certeza, ganhará os status de grande treinador e os ins…

Galo foi bicado pelo Urubu

Fim de jogo, torcida do Galo, cá em Beagá, onde assisti ao jogo com amigos mineiros, no condomínio Vale da Serra, que se renderam a bia atuação do Flamengo e a grande fase de Diego Alves, um esteio segundo o atleticano Ronaldo.

E, por falar em Diego, que diferença incrível foi o Flamengo sem o camisa 10, o Ribas, que suspenso ficou de fora, Arão, além do gol, fez a bola girar com rapidez e Paquetá vou a ser protagonista.

Boa vitória rubro-negra no Maracanã e com os empates do São Paulo, sábado, e Inter, ontem, Bicudo diz que sente novamente o  cheirinho.

Calma, amigo, o Palmeiras tem pegada e estão deixando o Periquito voar mais alto.

Brasileirão - Rodada importante para a zona de degola

Esta rodada do final de semana será muito dura na parte debaixo da tabela, em cima nem tanto, exceto o clássico Flamengo x Atlético Mineiro, que define temporariamente a quarta e quinta colocação, os demais jogos são daqueles considerados "favas contadas" por especialistas mas, como venho dizendo há tempos, o Brasileirão é nivelado por baixo e nenhum dos favoritos pode dar mole em qualquer partida porque, como dizem na gíria, o bicho pega. 

Hoje, por exemplo, tem apenas um jogo e envolvendo a turma de cima contra a turma debaixo da tabela, São Paulo, líder, enfrentando o América, em boa fase, no Morumbi e será que posso dizer que o tricolor paulista é favorito absoluto? Se der bobeira dança em casa sem choro nem vela. Tem que jogar sério, encarar o jogo como desafio maior para o título porque caso contrário pode se estrepar. 

Amanhã tem Grêmio x Ceará, onze da manhã, em Porto Alegre, gostaria de ver este jogo atentamente, o time de Renato Gaúcho ser diferente daquele que enfre…

Palmeiras encaminha bem a vaga para semifinal da Libertadores

Pode não ter sido o jogo dos sonhos do Palmeiras, mas ontem, em Santiago, contra o Colo Colo em um jogo que praticamente o qualifica como um dos semifinalistas da Libertadores 2018 já que 2x0 lá no Chile lhe dá uma folga considerável para o jogo de volta, na Alianz Arena, em São Paulo. 

Gostei de ver o Palmeiras sem Felipe Melo, fica mais leve, menos agressivo e Dudu voltou a ter confiança e me parece que esqueceu a Europa e a grana que poderia ganhar com a transferência para o mundo árabe e voltou a ser decisivo para o time palmeirense. E o que dizer de Felipão? O cara realmente "nasceu pra lua" e volta a ter chances de conquistar um título em sua maior especialidade, mata-mata e o time está jogando para isto. 

Paralelamente ao jogo do Palmeiras eu vi Bahia x Botafogo, jogo que os baianos poderiam ter feito uma vantagem maior, porém, tem sempre um porém, o Glorioso acertou as traves em três chutes de seus atacantes e também poderia ter melhor sorte, portanto, se quisermos jus…

Opinião - Erro ou má fé do árbitro paraguaio?

Ontem eu radicalizei na opinião e fui até certo ponto grosseiro com o árbitro paraguaio, Eber Aquino, que apitou Boca Júniors x Cruzeiro, mas confesso, depois de ver e rever o lance, eu fui até educado com o soprador de apito genérico, tenho certeza de que ele, e muitos outros, estão a serviço da Conmenbol, contra os clubes brasileiros, como represália ao ato impensado e estúpido do presidente da CBF, durante a Copa do Mundo, que foi na contra mão do que havia combinado com as federações sul americana na escolha da sede da Copa de 2026.

O principal lance, que provocou meu comentário, a ira de torcedores do Cruzeiro, das broncas dos comentaristas de arbitragem e a revolta dos jornalistas brasileiros, foi a expulsão de Dedé, zagueiro da Raposa, em um lance totalmente involuntário e que o paraguaio genérico foi alertado pela turma do VAR e mostrou cartão vermelho para o jogador brasileiro após consultar o tal lance no vídeo, absurda e parcial decisão e, se não fosse o Boca Júniors, proteg…

Pintou o campeão?

Rapidinho, sem muita delonga, este time de Grêmio tá pintando como campeão. Tem a sorte dos vitoriosos e um jeito de jogar a Libertadores dos argentinos, a Vitória de ontem, lá em Tucumán, mostra tudo isto.

Hoje tem mais, será que o Cruzeiro aguenta o tranco em  BuenosAires? Não sei, mas o adversário é como o Grêmio, sabe jogar a Libertadores, é o Boca Juniors.

Verei o jogo na capital dos mineiros logo mais.

Opinião - O futebol está chato prá cacete em campo e na telinha da tevê

Sem nenhum respeito, não vou ser politicamente correto em dizer "com todo respeito", o futebol brasileiro está chato prá cacete e não dá mais para aturar estes falsos craques, chorões e paparicados por dirigentes e torcedores, não dá mais para aturar estes péssimos e despreparados árbitros brasileiros, que estragam espetáculos e fazem cenas grotescas como a de Ricardo Marques Pereira, tentando ser clone do Armando Marques, em jogos de apelo maior como o de sábado, em Santos, quando fez de tudo para ser o destaque. 

Está chato prá cacete ficar assistindo as peladas do Brasileirão Série A, a Série B eu nem me arrisco a assistir e, talvez, quem sabe, esteja bem melhor de ver do que da divisão principal da CBF. Culpa de quem? Eu não sei e nem quero saber, só sei que a cada dia fico mais empolgado com o Campeonato Inglês, com o Espanhol apesar de saber que apenas dois times brigam pelo título e um pode incomodar, do Alemão, sabendo também que apenas um está preparado para ser o ca…

Papo de Bola - Apenas um comentário sobre o mundo da bola

Depois de uma folga, que eu merecia, no final de semana, sem falar de futebol e sequer olhando a telinha da tevê, exceto Vasco x Flamengo, que me arrependi de ter perdido meu tempo assistindo já que tinha outras coisas, melhores do que o jogo, a fazer no sábado, volto hoje animado e revigorado pois fui ao meu cardiologista fazer uma revisão e está tudo bem com a "caixa" e como amanhã começa o maior campeonato do planeta bola estou apto para ver os verdadeiros gigantes do futebol em ação. 

Por aqui, no final de semana, como disse o Sefinho lá no Facebook, uma rodada parada e que só terá alterações caso o Internacional ganhe da Chapecoense, logo mais, o que será mais lógico do que meus resultados do exame cardiológico, e assim a diferença sobre os concorrentes aumentará e as chances de título para o Colorado Gaúcho também ficarão mais destacadas. 

Para não dizer que não vi nada de bola no final de semana que passou eu comento por aqui que assisti Totenhan x Liverpool, logo na ma…

Um clássico carioca em Brasília

Vasco c Flamengo, que um dia foi chamado de "Clássico dos Milhões", hoje não passa de um simples jogo de afirmação, para um, e desespero, para outro, ambos querem vencer para não serem tripudiados pelos rivais vencedores.

Mazinho, meu amigo vascaíno, diz que a culpa é do Eurico, que em tempos de vacas magras instituiu, que vencer o Flamengo era o maior título da temporada. "Parte da torcida aceitou e hoje concorda com o velho caudilho", disse Mazinho mostrando indignação.

E hoje, em Brasília, sete da noite, tá valendo a máxima de Eurico, e com algo mais, vencer o grande rival vale fuga da zona de rebaixamento e isto, no momento, é como se fosse um título para o Vasco da Gama.

Favorito? Não creio que o Flamengo o seja, é um grande clássico,  cheio de tradição e a história conta que não há como ter favorito, ambos crescem em momentos complicados  e tudo pode acontecer.

Cheirinho ou odor?

Estou tentando não rir, mas o diálogo na fila do pão, agora cedo, ainda me provoca um riso irônico diante da sutileza, real ou inocente, da cena.

JR entrou na padaria e reclamou do forte odor vindo da rua, um reparo na rede de esgoto, mas Claudinho, vascaíno convicto, aproveitou para zoar o flamenguista.

- É o cheirinho do título de vocês, cada dia mais forte. Disse ele.

E uma senhorinha, que sempre ouve nossas conversas, mandou a resposta, não interessante,para o Claudinho.

- Moço, quando falar não levante o braço, está cheirando a bacalhau estragado.

Claudinho queimou, xingou a velha senhora, e saiu batido da padaria, e a senhorinha, nervosa e se sentindo ofendida, perguntou-me: - O que falei de errado para o mal educado?

Nada, respondi, ele está zangado com o time dele, e a surpresa veio em seguida, quando ela perguntou: - Ele é Vasco?

Fechei a sacola e não esperei a gargalhada.

Opinião - Jogo de um time só e que não soube como vencer

Um comentarista, estilo os garotos da Espn e Fox Sports, no dia de hoje, conseguiria explicar como foi o andamento do jogo de ontem, no Maracanã, entre Flamengo e Corinthians? Daria para dizer qual foi o esquema tático usado pelos dois times na partida? Como explicaria o medo de perder do Timão e como explicaria a dificuldade de vencer do Urubu? 

A retranca imposta por Jair Ventura Filho mostra o que é o Corinthians de hoje, um grupo de medianos jogadores que pode até conquistar a Copa do Brasil, decide uma vaga na final em casa, contra um Flamengo, que mostra uma incompetência total para chegar ao gol do adversário e não sabe transformar em gols todo o domínio de um jogo em que foi superior e teve quase um recorde mundial de posse de bola, 74% segundo estes mesmos garotos comentaristas e analistas de sistemas. 

E o pior é que Loss era o culpado do fracasso do Corinthians e hoje querem jogar toda a culpa e responsabilidade em Barbieri, com se estes dois jovens treinadores poderiam, o pr…

Copa do Brasil - Seriam os jogos para salvar a temporada?

E por aqui, no país que não respeita o calendário mundial do futebol, a bola vai rolar pela Copa do Brasil, dois jogos semifinais serão disputados naquele horário da Globo (21:45h) e Cruzeiro e Flamengo esperam neste momento que Dedé, Paquetá e Cuellar cheguem bem da viagem de onze horas e que sejam peças fundamentais em seus jogos contra Palmeiras e Corinthians apenas 22 horas de diferença de um jogo, lá nos Estados Unidos, e aqui no Brasil. 

Não sei se eu, se treinador fosse, escalaria estes três jogadores em um jogo decisivo e não sei se os três estarão cem por cento para entrar em campo e serem decisivos nas partidas que seus times jogam praticamente o ano de 2018, é a chance de um título real e com Paquetá de um lado, cansado e sem qualquer tempo para se refazer, e com Fagner, aquele que se curou de uma possível contusão, cujo prazo de recuperação era 21 dias, em apenas oito dias, e provocou uma grande polêmica e um imbróglio entre Flamengo, CBF e Corinthians. 

Não vou entrar no qu…

Papo de Bola - Amistoso indigesto e um jogo de verdade

E  se você viu o jogo de ontem, na íntegra, te dou meus parabéns e digo que você realmente é um "Pacheco" apaixonado e tal como estes companheiros que fazem política nos dias de hoje, não vê nada errado em seus candidatos e acreditam que tudo vai melhorar ou dar certo no futuro. Ver Brasil x Equador, com a narrativa de locutores ufanistas, acreditando que Neymar é "o cara" e que Tite será a salvação do nosso futebol, é ser fanático demais e para este que vos fala, neste momento, não tem muito a ver com o atual momento do nosso país e do nosso futebol.

Bem, falando em outro assunto já que não posso analisar o jogo que não tive a coragem de assistir, preferi ver os dois últimos capítulos da série policial, Bosch, que por sinal eu indico para quem tem ou quer ter o aplicativo Prime Vídeo, da Amazon, e não me arrependo de ficar alheio ao que se passava nos Estados Unidos com mais uma pelada de baixo nível do nosso escrete canarinho, aliás, no meu tempo de aprendiz do es…

Ver ou não ver? Eis a questão.

O que fazer quando o comentarista/blogueiro não tem interesse algum  sobre um assunto do dia? Recorre a outro assunto ou finge que não sabe de nada?

Pois é, hoje tem amistoso do time brasileiro, aquele da CBF, contra a poderosa equipe de El Salvador, que a emisdira oficial insiste em dizer que será um grande teste para 2022, e eu não quero saber de nada e estamos conversados.

Quero saber é do jogo, a vera, de daqui a pouco, pela Nations League Uefa,entte Espanha x Croácia, que tem todos os ingredientes para um grande jogo.

Depois eu conto, combinado?


Opinião - Fagner se "recupera" e enfrenta o Flamengo. E aí, "fessor" Tite?

Não vou dizer que é um paternalismo ou protecionismo vindo da CBF e do "fessor" Tite. Não vou dizer que a CBF é um núcleo paulista e que Andrés Sanches, presidente do Corinthians, mesmo sendo "adversário" de Marco Polo Del Nero, o presidente afastado por irregularidade e que não pode sequer sair do Brasil para umas compras em Foz do Iguaçu, lado paraguaio, dá as cartas e bota banca como se fosse o seu quintal. 

Será que eu preciso dizer que Fagner, o lateral e não o cantor, outro protegido da CBF e dos árbitros, forjou uma "contusão" para não viajar para os Estados Unidos? Será que preciso repetir o comentário de quinze dias atrás, quando falei aqui e no Facebook que o lateral direito corintiano estaria apto para jogar na quarta-feira? Pois é, minha previsão, conforme me disse o amigo Igor Tostes, foi na mosca e minha bola de cristal ainda está bem alinhada com a realidade do futebol brasileiro. 

E, para completar o comentário sobre o auxílio luxuoso da CBF…

Papo de Boleiros - Futebol de primeira nesta segunda

Se você pensa que segunda-feira é dia de esquecer o futebol? Está muito enganado. Não será uma segundinha qualquer que fará torcedor do Vasco e do Botafogo esquecerem do Brasileiro ou do fracasso de ambos nesta temporada, tudo faz lembrar futebol e até mesmo uma segunda de ressaca tem um bom jogo de bola para assistir, como por exemplo Portugal x Itália, pela Nations League da Uefa, competição nova e que já emplacou, e um encontro de Atléticos, no Independência, onde Galo e Furacão se encontram. 

O que tem a ver estes dois jogos com a lembrança de Vasco e Botafogo por suas campanhas ruins? Perguntaria Edu, o vascaíno. Explico: Portugal lembra Vasco da Gama e com Cristiano Ronaldo em campo faz lembrar também da paixão do Gajo pelo time carioca e de seu desejo de um dia vestir a camisa do time da Colina Histórica, e Atlético Mineiro faz lembrar o Glorioso,. pelo menos na camisa, porque o futebol jogado pelo Galo Mineiro está anos luz a frente do antigo time de General Severiano e Marecha…

Inter vence e fica líder e França bate Holanda na Nations League

hoje a bola rolou pelo Brasileirão, quatro jogos à tarde, incluindo dois grandes clássicos regionais, um em Porto Alegre, o Inter bateu o Grêmio e assumiu novamente a ponta, perdida ontem após a vitória do São Paulo sobre o Bahia, no sufoco, ambos por 1x0 e complicou a vida do Flamengo, que fica cinco pontos atrás do líder após a vitória miúda contra a quase rebaixada Chapecoense, 2x0 na conta do chá, e o Palmeiras, que venceu o clássico em São Paulo, 1x0 no Derby paulista contra o Corinthians, outro magrinho 1x0 e, segundo quem viu, sofrível para os neutros, péssimo para os corintianos e excelente para os palmeirenses. 

Se ontem não vi nada, apenas observei de longe Flamengo x Chapecoense, saí com Marina pela noite e fui ouvir o amigo Rubinho Nunes, no Bar/Restaurante Antônio's, um dos bons lugares da Pelinca, onde serve um ótimo bacalhau que foi acompanhado por um cabernet sanvignon da ConchaY Toro e por uma música de alto nível do artista campista. E hoje, por opção, também não …

Brasileirão - São Paulo e Flamengo em campo neste sábado

E por falar em coisas que aborrecem ao fiel escudeiro Bicudo hoje tem Flamengo, no Maracanã, conta a Chapecoense. Será que o amigo de Guarus me visitará, envergando aquela camisa surrada, que eu lhe dei quando seu time venceu o Brasileirão de 2009?  

Creio que não, o amigo está chateado com o elenco e pau da vida porque estão querendo crucificar o técnico, como se ele, Maurício Barbieri, fosse o grande culpado da má fase do time no tal pós Copa do Mundo. Se há um culpado ele já não está mais no clube, Rodrigo Caetano, que não soube montar o elenco e trouxe medalhões fora de moda e a nova diretoria de futebol, que contratou pior ainda gastando uma "baba" em jogadores medianos. 

E logo mais tem Flamengo x Chapoecoense, nove da noite, e se a jornada etílica for legal o velho companheiro aparece, mas, por ser jogo noturno dificilmente terei a companhia de Bicudo na minha sala, por certo estará em um dos bares de Guarus tomando sua pinga com limão, tá frio por aqui, e sofrendo com …

Treino da Seleção - Não vi e não gostei

É isto mesmo, o título do comentário tem tudo a ver com o amistoso chinfrim da Seleção da CBF, ontem à noite, em Nova Jersey, contra os Estados. Não vi, não gostei, não me arrependo e ganhei assistindo minha série favorita, do momento, que conta as histórias de do detetive americano, claro, cheio de inteligencia e que decide tudo sem força bruta mas com muita astúcia, bem melhor do que vê um joguinho sem graça e ouvindo loas de narradores ao "capitão" Neymar, que continua o mesmo. 

Bicudo, meu fiel escudeiro, diz com sabedoria: "Neymar anda tão em baixa que nem a Globo e suas emissoras fechadas quiseram investir no Campeonato Francês, ninguém está vendo e não sentem falta do garoto mimado filho do agente Neymar Pai", no que eu concordo plenamente e digo mais, Tite jogou fora o restinho de confiança que eu tinha nele entregando ao garoto de 27 anos, não amadurecido, a faixa de capitão do time canarinho que um dia teve Hideraldo Luiz Beline como grande líder ou Carlos…

Papo de Bola - E aí, vai de Brasil x Estados Unidos na Globo?

Desci até o armazém para comprar um queijo para o café da manhã e os companheiros já armavam o churrasco à beira da calçada e apareceu até uma caixa de som para o samba que acompanhará a manhã festiva na Formosa. Tudo bem, um fato novo, mas a meia dúzia de amigos que estão por lá, me desafiam a escrever sobre o jogo de logo mais, nos Estados Unidos, da Seleção Brasileira. 

Pedi ajuda aos "universitários" de plantão e não a tive, queria saber a opinião deles sobre o time que Tite mandará a campo, sobre a braçadeira de capitão com Neymar e da qualidade dos adversários nos dois amistosos. Sabem o que recebi de retorno? Seis não sabiam o time escalado ou provável, seis não sabiam que Neymar seria o capitão, cinco não sabiam quais seriam os dois adversários, apenas o de hoje, que está sendo anunciado pela Globo, é sabido dos cinco companheiros do churrasco do Lenílson. 

E este é o interesse real dos amistosos, Estados Unidos e São Salvador, zero ao quadrado, e destes amigos ouvidos…

Opinião - Tite define Neymar como capitão oficial. Foi uma boa?

Tite ontem mostrou toda a sua dupla personalidade, eu acreditava que o professor fosse um cara de grupo, de decisões em favor do seus comandados e aquele cara que pudesse "bater de frente" com os agentes e "donos" da CBF. Ledo engano, o professor é como todos os treineiros brasucas e fraco em comando e decisão. 

Sabe porque este comentário? Neymar exigiu ser o capitão do time e Tite aceitou e ainda disse, na sala de imprensa, que é o melhor para o grupo. Que capitão é este que faz trote ridículos com os mais novos? Que capitão é este que humilha companheiros nas redes sociais? Que capitão é este que não tem postura de ídolo ou de líder dentro e fora das quatro linhas? 

Será que Tite não sabia dos desejos do stafe de Neymar, que nos bastidores acertavam com dirigentes a passagem da braçadeira para seu patrão?  Será que os jogadores estão felizes com esta indicação? Sim, demonstrarão amizade pelo craque do PSG e solidariedade com o companheiro, mas as fontes, bem infor…

Papo de Bola - Alegria de Claudinho e a desabafo de Dartagnan

Acordei com uma boa gargalhada do vascaíno Claudinho, bem abaixo da minha janela no Itaparica, e aí tive certeza de que o Flamengo havia perdido para o Internacional, na noite de ontem e que o Vasco não perdera, afinal, a alegria de Claudinho estava acima do normal e fui verificar os resultados da noite de quarta, dos jogos que não vi por ter dormido cedo demais, e confirmei a vitória do Colorado e a derrota do São Paulo, para o Galo, que transformou o time gaúcho em novo líder do Brasileirão 2018.

E alegria do Claudinho só foi realmente pela derrota do Flamengo, o seu Vasco joga hoje, contra o América Mineiro, em Belo Horizonte, tentando fugir da zona de rebaixamento, que só não foi concretizada ontem porque o Sport perdeu para o Bahia e a Chape empatou com o Paraná, e o Claudinho está feliz porque cada derrota do Urubu, segundo ele, é um título que ele conquista no ano. 

E sobre os comentários dos jogos eu me recuso a faze-lo justamente por não ter visto os jogos das dez da noite, vi …

Manifestação na BR me impede viajar mas deu tempo de um pitaco sobre os jogos de hoje

Imagem
Hoje nem apareci por aqui, na parte da manhã, estava tentando viajar até Volta Redonda, para ver o filho mais velho, Ralph, o neto Felipe e a nora Viviane, mas uma incrível, extraordinária, fantástica manifestação de uma comunidade, na beira da Rodovia BR-101.

Era uma manifestação  que exigia a volta do ônibus escolar para seus filhos, retirados pela Prefeitura de Campos, justa por sinal e apenas realizada em um local indevido, deveria ter sido em frente a sede da municipalidade ou na rua onde mora o prefeito, e jamais parando uma rodovia movimentada, por seis horas, para chamar a atenção da imprensa e levar o recado, no horário dos jornais do meio dia. 

Mas deu tempo de sobra, no ônibus parado sem qualquer perspectiva de movimentação, das 7:10h até às 12:35h, hora que resolvi abandonar o veículo da 1001 e retornar para casa, aborrecido e chateado com o acontecido e, sabendo que chegaria a Cidade do Aço lá pelas dez da noite, meu destino foi realmente o retorno ao lar, a visita a famíli…

Papo de Bola - Na fila do pão a bronca contra a Seletiva

A conversa de hoje, pela manhã, na fila do pão, não poderia ser diferente. Hoje o papo foi sobre o futebol do Rio em geral, JR falou sobre a continuação da Seletiva, sua bronca era a mesma do Claudinho, do Edu e do Marcinho, torcedores de Goytacaz e Americano, que terão que enfrentar novamente uma Seletiva para tentarem voltar a Primeira Divisão do Rio. 

- O Dutra falou que não teria Seletiva para o Estadual 2019, fui conferir com amigos ligados ao Goytacaz e eles confirmaram a informação, mas eis que o Americano entra na briga para subir e a expectativa de ter dois times campistas no torneio do ano que vem gerou uma tremenda "saia justa" na Ferj e nos clubes da capital e a maldita Seletiva será realizada novamente, desabafa JR com toda razão. 

Edu, mais comedido e mais acostumado ao sofrimento de enfrentar a Segunda Divisão com seu Goytacaz, também não perdoou e criticou asperamente a Federação e os clubes do Rio de Janeiro, principalmente os da capital. 

- Estes clubes pequen…

Opinião = Fluminense não soube tirar proveito da expulsão

Não foi lá um grande jogo, o Fluminense não soube tirar proveito da expulsão de Diego Souza, por sinal corretíssima, o cara tentou nocautear o meia do Fluminense, bem ao estilo Felipe Melo, e, pior, ouvi e li jornalistas especializados em futebol dizer que "um amarelo bastava", e são estes mesmos rapazes e senhores que pedem o fim da violência no futebol. 

Mas com um a mais por uma hora do jogo, Diego foi expulso aos 34 do primeiro tempo, o Fluminense não soube aproveitar do nervosismo e do descontrole do São Paulo FC e se viu complicado com um homem a mais mesmo vencendo por 1x0, o tricolor paulista foi ao ataque, conseguiu o empate, mas por pouco não perdeu o jogo e isto só não aconteceu porque, realmente, o tricolor carioca não tem um time a altura de suas tradição. 

E este foi o melhor desempenho de um time carioca, três derrotas dos rivais deram a tônica no final de semana de futebol para os times do Rio, e, como cantou no meu celular o Menino Cássio, "o tricolor lav…

Botafogo perde uma Gloriosa torcedora - Adeus, Dona Bilu

O domingo amanheceu com sol aberto, dia tipicamente de verão em pleno final de inverno, aos poucos nuvens foram se formando, não no céu aberto e claro, mas no meu peito choroso por uma grande perda. 

Enquanto o Flamengo jogava no Maracanã, ali pertinho, na Tijuca, estava partindo para o Oriente Eterno uma grande amigo, que meus companheiros, seguidores do blog, se lembrarão das jornadas do Glorioso Botafogo de Futebol e Regatas. A quase centenária amiga tijucana, com origens portuguesa, que conheci no Bar Benfica, em Guarapari, tomando uma cerveja da Boa e assistindo a um jogo do seu time de coração. 

No intervalo de Flamengo x Ceará, que não estava me agradando patavina alguma, recebo a ligação do neto da gloriosa amiga, Dona Bilu, anunciando que seu sepultamento acabara de acontecer e que só me avisou agora porque abriu a agenda de sua vó e viu Adilson Dutra marcado com um coração, ou seja, segundo ele aquele coração era justamente para determinar as pessoas que ela amava e queria que…

Papo de Bola - Cariocas precisam reagir

Sábado triste para o futebol do Rio de Janeiro, realmente para esquecer, como dizem as manchetes dos sites esportivos, e hoje é um domingo para dar a virada, ou não, para Flamengo e Fluminense, que podem apagar o vexame co Botafogo, em Porto Alegre, e do Vasco, no Maracanã, que perderam respectivamente para Grêmio, 4x0, e Santos, 3x0, deixando seus torcedores preocupados com mais um possível rebaixamento. 

Hoje, daqui a pouco, onze da matina, o Flamengo recebe o Ceará, que anda em boa fase, para aquele jogo matinal do Brasileirão, no Maracanã, e claro que é favorito absoluto contra o Vovô do Ceará, mas para justificar este favoritismo terá que jogar pelo menos com a mesma vontade de quarta-feira, contra o Cruzeiro, quando venceu a Raposa mas não levou a vaga na Libertadores. 

Quando ao Fluminense terá que suar um litro certo para tentar fazer algo de positivo contra o São Paulo, líder com méritos, no Morumbi. O tricolor carioca não anda muito bem no campeonato e exigir uma vitória sobre…

Papo de Bola - Parabéns Fernandinho, o presente é muito futebol logo mais

O celular toca e uma voz estranha pergunta, sem se identificar:  - Senhor, qual o cardápio de hoje? 
Dei uma boa risada e pensei: Deve ser mais uma ligação daquelas que me irritam no dia a dia, ou seja, números discados erradamente e os caras nem perguntam quem fala ou de onde fala. Mas, educadamente, disse que era engano e que aqui não era restaurante ou casa de quentinha. 

E o cara solta uma tremenda gargalhada e se identifica: - Dutra, aqui é o Cordeiro, que temos para hoje no mundo da bola e para onde vai o amigo no sábado? 
Aí melhorou, reconheci a voz depois de muito esforço, o cara parece que enxugou todas ontem à noite e estava rouco e com voz cansada. 

Expliquei que hoje o programa é sentar nas mesas da calçada do Armazém, encontrar com amigos e dar um grande abraço no amigo Fernandinho, que hoje completa 56 anos de idade e vamos comemorar lá no Lenílson. Apareça por lá, disse eu ao Cordeiro, que respondeu: - Já estou por perco e em cinco minutos chego por lá. 

Mas antes eu digo a…

Opinião - Sobre comentários e comentaristas

O mestre Iata Anderson, um dos grandes repórteres do rádio brasileiro, me deixou feliz com um comentário, em suas redes sociais, sobre a necessidade, urgente, dos narradores e comentaristas brasileiros, nas tevês pagas, mudarem o comportamento torcedor para comportamento profissional, citou como exemplo o pênalti a favor do Independiente, no jogo contra o Santos, em que o narrador e a comentarista de arbitragem negaram existir e após sete minutos, cravados segundo Iata, resolveram aceitar a imagem real do lance, ou seja, a penalidade existiu.

No jogo de quinta, aqui sou eu comentando, narrador, repórter, comentarista  do jogo, criticaram a expulsão de Felipe Melo, insistiram em não crer no video tape até que o comentarista de arbitragem interveio e disse peremptoriamente : "Justa a expulsão do Felipe Melo, o árbitro agiu corretamente em consultar o VAR e mostrar o vermelho para o jogador do Palmeiras. 

Cito estes dois lances para justificar tudo o que venho comentando aqui no blog,…