Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

Pitacos de um domingo de clássico

Vasco e Botafogo fizeram um bom jogo, dentro daquilo que podemos esperar dos times cariocas no atual estágio do futebol do Estado do Rio. Não foi aquele jogo empolgante, o calor da torcida não foi suficiente para esquentar a partida, mas teve lances legais, como o gol de Emerson, do Botafogo, em cobrança de falta, um primor de chute do jovem zagueiro alvinegro, e a jogada do gol do Vasco também foi bem elaborada. 

E foi só e o outro registro que faço é sobre a arbitragem, muito boa, e a bela homenagem da torcida vascaína ao seu ex-treinador Ricardo Gomes. E agora sim, foi só e vamos ao outro jogo, lá em Volta Redonda, onde apenas um time jogou e o outro entrou em campo parecendo pedir autógrafo ou deixar a bola rolar e o tempo passar. 

Isto mesmo, só deu Flamengo e o Resende comprovou minha tese de que com 16 times deste nível técnico o Estadual do Rio de Janeiro tem mesmo é que se chamar Ferjinho, ridículo o que vimos lá no Estádio da Cidadania, um time sem qualidade alguma e deixando …

Ferjinho 20016 - Será que cai mais um invicto?

Se o sábado foi assim assim, traduzindo, foi razoável para quem gosta de futebol, o domingo promete ser bem mais interessante. Hoje tem clássico, Vasco x Botafogo, em São Januário, sete da noite, tem Barcelona x Sevilla, às 15:30h, tem Flamengo x Resende, em Volta Redonda, todos com transmissão dos canais de esporte da nossa tevê aberta ou fechada e cada um tem seu cada um e você pode escolher o que ver na telinha de sua tevê. 

Na quinta-feira, antes do jogo contra o Friburguense, os vascaínos diziam, nas redes sociais, que hoje iriam tirar o "selo" do Botafogo e seriam eles os únicos com campanha cem por cento no Ferjinho. E aí a casa caiu, o time da Serra fez bonito lá em São Januário e estragou os planos dos torcedores cruzmaltinos que hoje pensam em derrotar os alvinegros e ficarem momentaneamente com a melhor campanha do primeiro turno. É possível? Sim, voltam os titulares e o Vasco é favorito por jogar em casa. 

O Fluminense não joga hoje, vai fazer o jogo da Globo na qu…

Um clássico interessante e pitaco sobre Série B do Rio

O sábado não é daqueles de antigamente, hoje tem um punhado de jogos pelo mundo afora, um monte de joguinho mequetrefe nos canais de esporte, mas bom mesmo só um e olhe lá. O único jogo que indico ao amigo seguidor é o clássico de Madrid, Real x Atlético, ao meio dia, na Espn Brasil, pois o restante, tipo Southampton x Chelsea ou Leicester x Norwik, ambos pelo Inglês e também ao meio dia, só se for uma passadinha rápida para passar o tempo. 

Tem campeonato paulista, mas só às sete e meia tem um jogo que pode ser interessante, eu disse interessante e não muito bom ou que possa ser indicado para ser visto, tem Ponte Preta x São Paulo, em Campinas, com transmissão do Premiere, e às nove da noite, se você tiver pique, pode assistir Corinthians x Oeste também pelo Paulistão velho de guerra. 

Hoje não tem nada no Rio ou no interior do Rio, aliás e a propósito, o campeonato da Série B deste Rio de Janeiro sofrido e atordoado, foi adiado por uma semana para ver se os clubes e os órgãos de segur…

Pitacos de sexta-feira.

A que ponto chegou o nosso alegre futebol, com licença meu saudoso amigo Aloísio Parente. Ontem, no noticiário do Santos FC, os repórteres, incrédulos, anunciavam que o atacante Ricardo Oliveira pagaria, do próprio bolso (me engana que eu gosto) uma multa de 16 milhões de reais para que o clube o liberasse para o futebol chinês. Sim, fiquei também incrédulo com tanto absurdo e por saber que ninguém mais respeita o que assina, principalmente na hora do desespero, como foi o caso de Ricardo Oliveira, 36 anos e esquecido por todos, recebeu uma chance no Peixe a agora, com um brilho no ano passado, quer quebrar o compromisso de qualquer jeito. 

E aqui no Rio, mais precisamente nas Laranjeiras, o presidente do Fluminense FC descobriu, tardiamente, que Mario Bitencurt queria mesmo o seu lugar e fazia, como vice presidente de futebol, uma campanha para as próximas eleições no tricolor. Peter Siemsem bateu o martelo e mandou toda a diretoria, aquela mesma que demitiu Eduardo Batista, procurar …

Papo de Bola - Uma boa quarta-feira boleira

Ontem foi outra quarta-feira cheia de bons jogos, gostei de ver Dínamo Kiev x Manchester City, o time inglês se impôs e abriu boa vantagem para garantir a classificação para terceira fase da Champions League em casa, vi na íntegra esta partida mas do lado havia um notebook no jogo da Holanda, PSV x Atlético de Madrid, que não lá grandes coisas mas deu para prestar atenção e ver que o time espanhol tem um treinador que sabe o que quer, o argentino Diego Simeone. 

Só deu tempo para um intervalo, pequeno, para um banho e uma visita a cozinha para beliscar algo, afinal já estava quase na hora de ver São Paulo Novohorizontino e  Flamengo x Cabofriense, e em ambos minha impressão é que mesmo com técnicos reconhecidos, campeões por onde passaram e com estágios em grandes da Europa, ainda está faltando muito para que o futebol brasileiro volte a ser superior ao europeu e tenha luz própria. 

O Flamengo novamente poderia deixar o campo com uma goleada, como ocorreu no domingo, em Brasília, diante…

Pitacos da rodada - Clássico sem favorito em Cariacica

Uma rodada importante que pode definir muita coisa no Estadual do Rio, a começar pelos jogos da tarde, entre os pequenos, onde Bangu e Volta Redonda se enfrentam buscando uma melhor colocação na tabela, o Bangu, terceiro do Grupo A, tem a vantagem de jogar em casa, contra um Voltaço que precisa demais da vitória para se manter com chances de classificação. Sou mais Bangu, está no embalo apesar da derrota para o América na última rodada. 

Este não é o único jogo da tarde, começa às quatro horas, em Moça Bonita, tem ainda, no mesmo horário, na Rua Conselheiro Galvão, Madureira x Macaé que é dramático para os alvianis do Norte Fluminense. O tricolor suburbano é favorito porque tem uma melhor campanha, mas Toninho Andrade deve mostrar algo diferente logo mais e tudo pode acontecer. Madureira favorito. 

Seguindo nosso papo digo que logo depois, sete e meia, tem Tigres x Resende, no Los Larios, e o time do Sul Fluminense é favorito absoluto neste encontro e caso de vitória torce mais tarde pa…

Europa, França e Bahia, muito futebol na quarta-feira

Será que depois de ver Arsenal x Barcelona e Juventus x Bayern, terei coragem de ver outra partida de futebol na telinha da minha tevê? Esta foi a pergunta que me fiz ontem, logo após o término dos dois jogos da Champions onde o Barcelona carimbou a vaga, (será que não?) ao vencer o Arsenal por 2x0 lá em Londres, e ver uma linda reação da Juventus, que perdia por 0x2 e tinha apenas 10% de posse de bola, e em pouco mais de 15 minutos chegou ao empate (2x2) em um jogo que era fácil e ficou dramático para os alemães. 

Que não ver futebol, está no sangue e lá estava eu, às sete e meia, com a tevê ligada assistindo jogos da Libertadores, emendando na Copa do Nordeste e esperando o sono chegar assistindo Estanciano x Cururipe no Esporte Interativo. E hoje, o que é que temos para ver?
Hoje a jornada começa as 16:45h com dois jogos no Ei Maxx, pela Champions League, tem PSV x Atlético Madrid, na Holanda, e Dinamo Kiev x Manchester City, na Ucrânia, e antes, na Espn, tem Liga Europa, Braga x Sio…

Você sabia? O Ferjinho está quase no final do primeiro turno.

Você sabia? Amanhã tem clássico carioca em Cariacica, valendo pelo Ferjinho/2016. Botafogo x Fluminense jogam no Kléber Andrade naquele horário da Globo, que agora é as quinze para às dez da noite. 

Você sabia? O jogo que vale muito, amanhã, não é este clássico citado no parágrafo acima e sim Tigres x Resende. Por que? Porque este jogo, caso o vitorioso seja o time do Sul Fluminense, e em caso de derrota do tricolor da capital, pode deixar o Fluminense fora da zona de classificação para a segunda fase. Isto mesmo, fora do já conhecido G4 do Ferjinho. Abra o olho Fluminense!

Você sabia? Márcio Araújo voltará a ser titular amanhã, em Macaé, contra a Cabofriense. O motivo? Cuellar está suspenso e Muricy volta com seu xodó para o meio campo do Flamengo e o Bicudo já avisou: "Me chamaram para ir a Macaé e estava todo animado e, como naquela propaganda da Tigre, ele disse NÃO. 

Você sabia?  A turma mediana, aqueles que não querem ser chamados de pequenos, como América, Bangu, Friburguense…

E o Ferjinho veio para complicar

Acordei cedo e, como não há nada pra fazer, fui ler o regulamento do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, o nosso intrépido Ferjinho/2016. E não é que me assustei com o que li? Antes, em tempos normais, o campeonato tinha dois turnos, Taça Guanabara e Taça Rio, dois grupos de oito (continuo dizendo que deveria ter no máximo doze) e todos jogavam entre si entre os grupos no primeiro turno e um contra o outro no segundo turno. 

E o que vi por lá? Agora não é mais assim, vamos ter os quatro melhores de cada grupo em uma chave e os oito piores em uma outra. Legal? Não sei, mais justo seria jogar contra todo mundo e fazer um campeonato mais honesto já que as datas disponíveis são as mesmas e os grupos terão o mesmo número de participantes. Qual é o objetivo desta transformação? Apenas confundir o torcedor e favorecer alguém. 

E aí teremos um outro Fla x Flu, um outro Flamengo x Vasco, e outras repetições. Criativo demais para meu gosto. 

Um Fla x Flu de primeira em Brasília

Na lei do trânsito está escrito: Se dirigir, não beba. Na lei do jornalismo diz: Se beber não escreva. E então, como eu e Bicudo assistimos ao jogo sorvendo uma boa cerveja holandesa, comprada especialmente para comemorar a barração do Márcio Araújo, não escrevi antes, durante ou depois do Fla x Flu e somente agora, seis da madrugada, após uma boa noite de sono, é que chegou próximo ao computador para dizer o que vi, o que gostei e o que não gostei do clássico jogado em Brasília na noite de ontem. 

O primeiro tempo do Flamengo, sem Márcio Araújo em campo, foi o que de melhor fez o time dirigido por Muricy nesta temporada. Dominou, foi envolvente, criou chances e fez a torcida acreditar que um bom resultado poderia ser colhido no Mané Garrincha. O placar magro, apenas 1x0 no intervalo, não foi justo e deixou Bicudo com uma pulga atrás da orelha. 

- Chefia, vencendo por 1x0, lá pelos vinte do segundo tempo, Muricy vai botar o tal volante e as coisas vão se complicar, vai que este juizão f…

Morre Valdebrando Siva, o "moço de fé"

Imagem
E o "Moço de Fé" nos deixou agora pela manhã vítima de um complicado caso cardiológico que o levou por diversas vezes a internação no Hospital Dr. Beda, em Campos. Morre Valdebrando Silva, botafoguense de quatro costados, um radialista tão famoso quanto a Campos Difusora, por onde trabalhou por quase meio século e onde "eternizou" a sua famosa AVE MARIA, sempre às seis da tarde, com seu jeito simples e cheio de fé na Virgem protetora. 

Valdebrando foi vice-prefeito de Campos,eleito ao lado de Zezé Barbosa, em 1984, e um grande companheiro deste colunista durante alguns anos, e foi ele quem me ofereceu o Título de Cidadão Campista, em 1988, quando vereador no município, fato que me encheu de orgulho e alegria.

Fizemos juntos, por um ou dois anos, uma boa dobradinha na Rádio Cidade de Campos, eu apresentando o Saída de Bola, às 5:45 da matina, dentro de seu programa, e me deu grande apoio na carreira, que começava, aqui na nova cidade que escolhi para seguir minha vida…

Sobre Fla x Flu, Vasco, Botafogo e o Ferjinho

Hoje tem Fla x Flu, em Brasília, pelo Ferjinho. Sabe qual é o interesse deste jogo para meu fiel escudeiro Bicudo? Nenhum. A figura chegou logo cedo, está de folga, dizendo que estaria no Armazém e mandou lá de baixo: 

- Jogo às sete e meia da noite? Estou fora, até lá já peguei um fogo completo e apaguei, sem chance de ver este Fla x Flu do Distrito Federal. 
Verdade seja dita, se fosse às cinco eu é quem sofreria, teria que assistir com o velho amigo e deixar de lado minha promessa de procurar outra opção na hora de um jogo do Flamengo, com Márcio Araújo em campo. 

Mas ontem, também as sete e meia da noite, eu e Bicudo assistimos lá no Armazém a vitória do Vasco sobre o Tigres, obrigação cumprida, e quando todos esperavam por um pênalti, uma armação do árbitro, não é que os caras de Xerém resolveram acabar com o jogo, um fez falta e recebeu o segundo cartão amarelo, justo por sinal, e o goleirão, que fechava o gol até aos 40 do segundo tempo, entregou duas rapaduras e até Nenê, que hav…

E o Ferjinho segue com seus jogos sem molho e sem graça

Se você estivesse hoje, em Macaé, curtindo uma praia ou visitando um amigo, teria coragem de ir até ao Estádio Cláudio Moacir, às cinco da tarde, para ver um jogo do Ferjinho envolvendo Macaé Esporte x Bonsucesso?

Se você diz que sim é porque é louco por futebol ou louco da cabeça, noventa testemunhas deverão ir ao bom estádio da Prefeitura de Macaé ou por paixão pelo alvianil praiano ou realmente paixão pelo futebol. Os dois estão na rabeira de seus grupos, o Macaé tem três pontos e é lanterna do A e o Bonsucesso ainda não conquistou um ponto sequer nas quatro rodadas e é o último do B, portanto a motivação que te levaria ao estádio seria uma briga por posições mas nem nisto posso te dar uma força. 

Ah! E não fica por aí, tem mais, e tem "clássico" carioca na Rua Conselheiro Galvão, zona norte do Rio de Janeiro e por lá se enfrentam, também às cinco da tarde, Madureira x Portuguesa. Você, que está no Rio e é louco da cabeça ou louco por futebol, vai encarar? Sabem o que vale …

Veteranos ainda dão as cartas na dupla Fla x Flu

O que você fazia em 1998? Você nem deve lembrar, né mesmo? Mas Juan e Magno Alves, estrelas de Flamengo e Fluminense, já eram profissionais de futebol e já brilhavam nos gramados vestindo as camisas de seus times e o globoesporte.com lembra, em sua página de hoje, que ambos estiveram em campo no Fla x Flu daquele ano, realizado em Brasília, no empate em 2x2 em jogo válido pelo Torneio Rio x São Paulo. 

E hoje, dezoito anos mais velhos, os dois retornam ao Distrito Federal, não naquele velho Estádio Mané Garrincha, mas sim no moderno, luxuoso e caríssimo Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, cujo custo foi o maior entre todos aqueles construídos para a Copa 2014. 

Juan, 37 anos e Magno Alves, 40 anos, estão por aí, rodando o país e rolando a bola nos gramados e ainda ganhando salários de gente grande. Futebol aínda é um bom negócio para os veteranos, afinal o país vive uma crise de valores jamais vista. 

Show de rock no Maracanã e Fla x Flu jogam futebol em Brasília

Ainda sobre ontem, à noite, tenho a dizer que América e Bangu fizeram um jogo muito, mas muito melhor mesmo do que o tal clássico dos milhões, do domingo, em São Januário. Cinco gols, rivalidade menor mas muito acentuada e uma disposição de leão por parte dos jogadores. Vitória justa, o empate até que seria melhor, de quem buscou o gol e fez por onde sair com os três pontos. 

Se vi? Sim, grande parte do jogo me prendeu definitivamente na poltrona. Porque não vi tudo? Quando o locutor falou que o Fla x Flu seria no domingo, em Brasília, e logo um repórter informou que teremos show dos Rolling Stones no Maracanã, também no domingo, senti que o futebol do Rio realmente não tem dono e joguei a toalha definitivamente. Perdi o restante do jogo e o Ferjinho perdeu o seu antigo escudeiro de forma definitiva. 

E a pergunta então é esta: Porque show pode e futebol no palco principal e mais famoso do mundo está proibido? E, cá prá nós, que treco de obra é esta que faz parar de novo o antigo maior …

Você tem "bom" programa hoje à noite

A Globo ou o Sportv nunca deram muita bola para os nanicos do Rio, nem mesmo América ou Bangu tem vez no Premiere, que exibe o Ferjinho, e hoje, afff... Fazem festa e tentam valorizar o jogo entre ambos e até chama de clássico.

E você, acredita que vou perder meu tempo assistindo América x Bangu e ouvindo os mau informados do SporTV?

Me inclua fora desta.


R10 17 milhões mais rico

E mais um estrago na combalida finanças do Flamengo, R10, que por lá passou sem brilho algum e foi dispensado por fraco rendimento, acaba de ficar sabendo que está R$ 17 milhões mais rico.

E eu pergunto: quem paga a conta, Patricia Amorim? Luxemburgo? O Papa? Os amigos do Lula?

Mais um caso de desperdício, o próximo, pode ter certeza, será o peruano Guerrero cujo prazo de validade se aproxima do final.

Resumão: O que vi na quarta-feira boleira

Eu disse, na manchete da postagem de ontem, sobre os jogos da quarta-feira, que teríamos jogos para todos os gostos de seis às duas da manhã. Eu consegui levar minha paixão até a uma hora, quando o sono me venceu e o péssimo futebol de Toluca e Grêmio me fizeram adormecer. 

Vi um jogaço, pela Champions League, lá na Itália, onde Cristiano Ronaldo mostrou sua arte e seu talento, que golaço hem? Viu? E o Real Madrid praticamente assegurou a passagem para as quartas de finais da competição, ou será que alguém acredita que a Roma vira o jogo e o placar (0x2) lá na Espanha? 

E logo após ao jogo de Roma fui até ao Armazém para um pit stop e por lá encontro a tevê ligada no canal de áudio, Lenílson gosta de uma boa música dos anos 70, e o fiz trocar para São Paulo x The Strongest, e o amigo me lembrou que o Fluminense estava jogando neste mesmo horário, lá no Mineirão, e então ficamos divididos, Liguei o celular no jogo do Pacaembu e a televisão ficou com Cruzeiro x Fluminense, mas por poucos …

Futebol pra todos os gostos até duas da manhã

E daqui a pouco, vamos ao trabalho (ou seria divertimento?), tem mais boa rolando na Champions League, meu campeonato favorito, e tem Cristiano Ronaldo em campo lá em Roma, contra o time que leva o nome da Cidade Eterna e os 62 mil lugares do Estádio Olímpico já estão desde cedo tomados por romanistas e por poucos madrilistas que chegaram a capital italiana certos de mais um show do time de Zidane. 

Enquanto eu já sei tudo de Rea Madrid, quem joga, quem é desfalque, quem fica no banco, já sei tudo sobre o Roma, que terá um time com cara nova e com novo treinador, por aqui, no nosso doméstico futebol, não sei como jogará o Flamengo, de Muricy ou quem entra em campo com a bela camisa do América Mineiro ou até mesmo quem apita a partida, mas sei que será em Cariacica viu gente em Cariacica e não em Vitória, no Estádio Kléber Andrade. 

E logo mais, a partir de sete e meia, quando o São Paulo FC entra em campo para dar o pontapé incial do Grupo A, contra o The Strongest, teremos a oportunida…

Uma bronca necessária e um alerta de verdade

Hoje levei bronca, um velho amigo do jornal me para no Calçadão (Campos dos Goytacazes) e diz que ando meio amargo, repetitivo, sem criatividade e que meus textos já não são os mesmos. 
Parei... respirei...  pensei muito antes de responder algo que não devia, afinal eu já venho sentindo a mesma coisa há algum tempo, confesso que a parada obrigatória, entre janeiro e fevereiro, quando fui a Guarapari e Belo Horizonte, teve realmente este objetivo, tentar uma reciclagem no blog ou sair do tema futebol definitivamente. 

Assim como os grandes sites, profissionais e mantidos por empresas de grande porte, como Lancenet ou globoesporte.com eu também caí de rendimento e não encontro mais motivação para escrever sobre o futebol doméstico, as novidades são escassas e os assuntos interessantes, para este velho escriba já não são interessantes para os jovens que veem futebol e o esporte em geral com os mesmos olhos ou objetivos. ver

Hoje tem diversos jogos pela Copa Libertadores, Corinthians, São Pa…

Um erro grosseiro logo no dia do repórter

É, preciso fazer urgentemente uma reciclagem e voltar a prestar atenção nas páginas do jornais e não mais confiar na memória e no meu antigo faro de repórter, aliás e a propósito hoje é Dia do Repórter, e tudo isto porque levei uma tremenda "barriga" no texto postado aqui, retirado por motivos óbvios, quando dizia e comentava sobre os jogos da Champions League, Roma x Real Madrid, que só entram em campo amanhã, e Arsenal x Barcelona, que na verdade jogam na próxima semana, 23/02.

Que as desculpas sejam aceitas e entendidas, as férias não me fizeram bem, no sentido profissional, e apenas serviram para me desligar completamente do mundo da bola e a parada de dois meses da Champions embananou a cabeça deste velho escriba. 

Então vamos dar um jeito de arrumar a casa e informar corretamente aos meus cem leitores diários aqui do Blog. Hoje tem jogo em Lisboa, Benfica x Zenit, onde o brasileiro terá a oportunidade de ver em campo dois remanescentes do famoso 7x1 de 2014, Júlio César …

Vasco vence e mantém a freguesia sobre o rival maior

Depois de ver dois excelentes jogos, ambos pelo Campeonato Inglês, com público participativo, elegante, educado e com um futebol de alto nível, me preparei para ver Barcelona x Celta, pelo Espanhol, evitando assistir Vasco x Flamengo porque sabia, e vocês sabem qual o motivo, que iria me aborrecer, iria assistir a um espetáculo deprimente, alguns atos de vandalismo, que realmente aconteceram, "torcedores" invadiram os sanitários do Estádio de São Januário e depredaram o local e deram prejuízos ao CR Vasco da Gama.

Porém, tem sempre um porém, o jogo da Espanha só começaria meia hora depois do clássico carioca e, para não perder o embalo e atender minhas duas visitas, lá fui eu para sala ver Vasco x Flamengo, e, com paciência e muita educação, fui no embalo do primeiro tempo ridículo, sem qualquer tipo de emoção, e assisti aos primeiros quarenta e cinco minutos ao lado de um vascaíno, reclamando absurdamente do seu meio campo e do atacante Riasco, e de um flamenguista, que a ca…

Hoje tem clássico em São Januário, vai bater saudade?

Acordei cedo pensando em ver o clássico logo mais, pela tevê, é claro, mas um punhado de coisas me deixam sem motivação para assistir Vasco x Flamengo, em São Januário, e uma delas foi a foto, estampada pelo Ademir Tadeu, na sua página no Facebook, mostrando os dois capitães (Roberto e Zico) no círculo central do gramado, naquele que nos tempos de repórter, como Kléber Leite, outro da foto postada, dizíamos que era a tirada do "toss". 

Sabem qual a dupla que  vai tirar o "toss" logo mais? Os trogloditas Rodrigo, pelo Vasco, e o tresloucado Walace, pelo Flamengo. E aí, meu caro, como eu respondi no comentário da foto publicada pelo Ademir Tadeu, repetindo aquele personagem da Escolinha do Professor Raimundo, que dizia "aí eu choro, uau uau". 

E agora a pouco eu desci para comprar umas cervejas no Armazém, hoje não dá para ficar por lá, a rivalidade está aflorada e o ambiente está carregado, vascaínos eufóricos e flamenguistas preocupados com o que pode acont…

A história de Zé Nunes da Fonseca

Um dos mais admirados cronistas esportivos do nosso rádio se aposentou: José Nunes da Fonseca. Hoje Zé Nunes abre seu coração e fala de sua trajetória no Rádio e de sua maravilhosa carreira de comentarista esportivo e redator das grandes notícias dos jornais falados da Campos Difusora. Nunes passou a vida cultivando amigos e seu amor pelo rádio. Jazzista de boa cepa e admirador de um bom scoth, que hoje está proibido pelos médicos, foi um dos mais ouvidos de seu tempo. Aqui, em depoimento gravado em 1997, José Nunes da Fonseca conta um pouco de sua trajetória.
O COMEÇO – Foi por acaso, mas a verdade é que sempre desejei integrar-me ao jornalismo esportivo. Tudo, na verdade, começou em jornal, na gloriosa Folha do Povo, dirigida pelo incansável João Rodrigues de Oliveira, que me deu a primeira chance quando um funcionário do jornal entrou em férias e, durante vinte dias, fui responsável pela cobertura do esporte, que cabia ao jornalista Aloísio Bastos, um alvinegro como eu.
PRIMEIRA VIAG…

O rádio perde um ícone: José Nunes da Fonseca é saudade

Abro um site de notícias de Campos, para procurar uma notícia sobre um lançamento imobiliário, e o que encontro me deixa parado,chocado e derrubam lágrimas ao ler que meu grande amigo, incentivador e um dos mais perfeitos gentleman do rádio campista, José Nunes da Fonseca, nos deixou na madrugada de sexta-feira, justamente no momento em que eu retornava de BH onde passe o carnaval ao lado dos filhos e netos. 

Como foi um dia de repouso total não abri os jornais ou sites campistas e sequer recebi algum telefonema de amigo me comunicando o falecimento do Catedrático, e assim, o que me resta, e lamentar a grande perda, enviar meus pêsames a família do Zé Nunes e dizer que foi um dos maiores amigos que conquistei no rádio e um dos professores que mais "perderam" tempo comigo, além da paixão pelo rádio, pelo jornalismo e pelo futebol, eu e Nunes gostamos de Jazz, Blue e música de alto nível e tivemos grandes momentos lado a lado tanto nos microfones quanto nas poltronas comentando…

Papo de Bola - Cadê a turma da fila do pão?

Me senti um estranho agora pela manhã, na fila do pão, na nossa padaria da rua. Sim, totalmente diferente depois de praticamente um mês fora de casa e fora da fila diária para comprar e pagar o pão nosso de cada dia. 

Cadê o JR? Perguntei. Ainda está na praia, só volta no final do mês, vida de aposentado é melhor, disse Juninho, o único sobrevivente da turma de bate papo matina. Cadê o resto? Quando o amigo quis responder eu corte, melhor não falar nada, deixe o tempo passar que a gente vai entender o sumiço de quem não retornar a partir de segunda-feira, quando aqui deverá estar fervilhando de conversa fiada sobre o clássico carioca, Vasco x Flamengo, que será jogado no domingo.

E a maior surpresa veio com a última pergunta: Cadê o Marcinho, nosso gerente? Não está, agora quem dá as cartas aqui é aquela moça ali, por sina sua conterrânea, lá de Miracema. Ih! E agora, quem vai puxar o papo com o Bicudo sobre o Flamengo? Volta depressa, Marcinho, senão a fila do pão não será a mesma lá n…

Conversa de Botequim - Galo fisga Robinho e prevê sucesso financeiro

E por aqui, na minha despedida do Mercado Central de Belo Horizonte, converso com alguns torcedores, que ainda estão em ritmo de carnaval e continuam a festa nos bancos dos botecos do lugar, e vejo o brilho nos olhos do atleticano, está chegando Robinho, que saiu do Santos para o Real Madrid, peregrinou por diversos times da Europa, sem sucesso, voltou ao Peixe, com um brilhareco sem luz e naquela de pisca-pisca, foi para China onde fez fiasco e foi reserva de um jogador nativo e cujo futebol não é melhor do que um dos "craques" do Apanha Rindo, lá da minha Miracema.

E Robinho, por repetir o fenômeno Ronaldinho Gaúcho? É a pergunta mais pertinente no Mercado Central. Sabem qual foi a resposta vencedora? Aqui é Galo e o Robinho fará a melhor dupla de ataque do país com o gringo Pratto. Não dá para discutir, o custo mensal, somados salários, luvas e outros investimentos,  dos dois, somados, dá para pagar a folha salarial por dois ou três anos de qualquer time da Segundinha do R…

Conversa de Botequim: Uma final prevista ou apenas empolgação?

As novidades começam a esquentar após duas ou três rodadas dos estaduais. No Rio a torcida, que não pagava um centavo pelo seu campeonato, já começa a fazer burburinhos nas esquinas e nas mesas de bares a dizer: Quem é o melhor do Rio? Não vou responder, deixo a pergunta em aberto e a resposta com o vascaíno, que acreditar ser seu time, como flamenguista, que jura de pé junto que o time de Muricy é mais forte, com os botafoguenses, que confessam ter um grande time e farão um campeonato inesquecível, e com os tricolores, que não estão tão otimistas como os três rivais mas sabem que podem dar o bote na hora certa.

Os pequenos não ajudam, será que o Madureira vai fazer graça contra o Fluminense, daqui a pouco? O Boavista vai emplacar novamente uma semifinal? E tinha gente acreditando que o Friburguense, com seus veteranos, iria fazer chover no campeonato e que o Macaé, sem grana da prefeitura, pudesse repetir os brilhos de outros tempos. Quem será o pequeno da vez? O Voltaço? E quem serão…

Pênalti e polêmica movem a quarta-feira boleira

Vamos retomar a vida normal? Isto cá no blog, pois em São Januário ou onde o Vasco jogar a normalidade está totalmente dentro dos padrões, mais um pênalti, mais um gol de Nenê, cobrando a falta máxima, e mais uma vitória cruzmaltina, que habilita o time de Jorginho e de Dom Eurico a chegar a final sem susto algum.

Ontem foi a vez do Volta Redonda, que foi bem no jogo mas pecou nas finalizações, vi grande parte do jogo, no meu pequenino celular, mas o suficiente para interpretar a péssima marcação do pênalti, da importância de um jogador como Nenê, eficiente nos tiros livres e nos passes para gol, e a presença de um goleiro experiente na equipe. Este é um pequeno resumo do que vi da vitória do Vasco no início da noite de quarta-feira.

E no mesmo horário teve a vitória do Botafogo sobre o Macaé, também com mais um pênalti marcado para o time de General Severiano, mas como não vi o jogo não tem análise nem resumo da partida que deixa o Glorioso com grandes chances de classificação. Será qu…

Deu a lógica e ninguém comemorou e hoje tem festa em Edson Passos

Ouvi agora, na fila do pão, de um vascaíno, devidamente trajado com o "manto sagrado": "Hoje é nosso grande teste, pegamos o América, em Edson Passos, e mostraremos a força do campeão". Que alegria, que entusiasmo, que paixão alucinada por um futebol mediano, por um campeonato ridículo e que coisa maravilhosa é ver um torcedor ainda convicto que seu time é um dos melhores do país mesmo em tempos de crise técnica e moral no futebol do Estado do Rio de Janeiro. 

Ainda bem que o Fernandinho, tricolor devotado, não fez festa, não soltou foguete e sequer vibrou com os 4x0 do seu Fluminense sobre o "temido" Bonsucesso, ontem à noite, em Volta Redonda, quando Fred fez mais dois e mostra que dentro da área, sem marcação, ainda é o grande "matador". 

Ainda bem que Bicudo, flamenguista juramentado, não apareceu no prédio pela manhã e não ligou na madrugada para comemorar a "grande" vitória do seu time contra o imbatível Macaé Esporte, também na no…

Botafogo vence e a dupla Fla x Flu entra em campo logo mais no Ferjinho

Se foi um bom jogo só o torcedor do Botafogo poderá me dizer, o que vi, principalmente no segundo tempo, quando fiquei mais atento a tela da tevê, foi um Botafogo dispersivo, sem noção de meio campo e cheio de problemas na defesa, o fraco ataque da Portuguesa poderia ter transformado o jogo de São Januário em um pesadelo para o Glorioso, e, como me disse Dona Bilu, depois da partida, via celular: "Deveria ter ficado mais um pouco em Guarapari e não retornado para ver esta pelada que acabei de ver agora aqui no campinho do Vasco da Gama". 

Menos, Dona Bilu, pior é seu amigo Ermê Sollon, que hoje não tem coragem de vir até Macaé para ver o seu Flamengo, agora cedo, também via celular, o veterano jornalista me disse que tem algum tempo que não assiste aos jogos, tal qual este que vos escreve, e que dificilmente terá novas alegrias com seu antigo clube de coração. 

- Sei que posso estar enganado, o futebol carioca já chegou ao fundo do poço, mas com toda certeza nunca na história …

E logo mais tem Fogão em campo

E não é que deixei escapar? Hoje tem Botafogo x Portuguesa, oito e meia da noite, em São Januário, casa onde a Ferj coloca para jogar quem lhe interessa, com aval de Eurico, e a Lusa, que vem de vitória sobre o Tigres e pode perder os pontos por ter incluído jogadores irregulares, aliás o time de Xerém também poderá ser punido por não ter cumprido com o regulamento do Ferjinho/2016.

Bem, deixa os problemas de lado e vamos falar das possibilidades da Portuguesa logo mais, ou seja, será que pode surgir uma outra zebra? Sei lá, acho difícil, como disse o Lenílson, hoje pela manhã, na volta ao Armazém: "Vem aí mais uma decisão entre Vasco e Botafogo e vai ser mais um campeonato de cartas marcadas e desastrado, para não dizer desorganizado". Assino embaixo, tá certo?


E o Ferjinho será jogado fora do Rio

A grande notícia de hoje, li no globo.com: "Clássicos do Rio serão jogados fora do Rio de Janeiro". Isto mesmo, Flamengo, Botafogo e Fluminense entraram em acordo e mandarão os clássicos em Vila Velha, no Estádio Kléber Andrade, e em Brasília, no Mané Garrincha, os três não estão com casa para mandar seus jogos e não aceitam jogar em São Januário ou Volta Redonda para menos de quinze mil testemunhas, como fará o Vasco contra Flamengo e Botafogo cujos mandos são dele. 

E o Ferjinho segue com a corda toda, o Flamengo escolherá o pequeno e acanhado estádio de Los Larios, na Serra da Mantiquira, em Xerém, cuja capacidade não chega a cinco mil pessoas, e vai acumulando prejuízos nos doze jogos deficitários deste campeonato bagunçado e sem sentido, cujo final todo mundo já sabe de cor e salteado. 

Amanhã tem rodada, a segunda da Taça Guanabara, e quantos irão se aventurar na noite de quarta-feira para assistir Fluminense x Bonsucesso, sete e meia da noite, em Volta Redonda? E aqui d…

Miracema no Estadual do Rio: Quem brilhou?

Férias na praia e o assunto nas areias capixabas, claro, foi o futebol, Miracema, chuva e o campeonato carioca, que começou na última semana de janeiro. E, claro, se o assunto era futebol, carnaval, campeonato carioca e Miracema seria justo colocar em pauta um papo que há muito eu venho colocando no ar, no meu blog e nas conversas de botequim, quais foram os miracemenses que atuaram no Campeonato Carioca?

Teve amigos na roda de prosa, no calçadão da Castanheira, coçando a cabeça para procurar um nome de destaque, aliás foram poucos, desde os Irmãos Moreira, que foram campeões por onde passaram, um vácuo enorme aconteceu até a presença de Orlando Fumaça, campeão com o Vasco e presente na seleção do campeonato em duas oportunidades, daí em diante ninguém lembrava de mais ninguém até que um, mas atento, grita: "Opa! Tem Célio Silva".

Isto, Célio Silva teve uma boa passagem, curta mas bem sucedida, pelo CR Vasco da Gama, foi campeão do Rio, do Brasil e chegou a Libertadores com o …

Voltei das férias mas a dupla Fla x Flu ainda não retornou

Estamos de volta após quinze dias de férias, bem aproveitadas apesar da semana de chuva no litoral capixaba, mas voltamos e ficaremos breve tempo, vem aí a folga do carnaval, embora eu não vá para a folia e é possível que nosso papo não sofra uma nova interrupção. Não prometo, mas farei de tudo para manter em dia a nossa conversa aqui no nosso cantinho. 

Os dedos estão enferrujados, o ombro já um pouco melhor e por isto iria pedir desculpas por algum erro de digitação, mas ao ver os jogos de Flamengo e Fluminense, após o período de férias, eu posso errar muito que ainda terei muito crédito, errar é com a dupla Fla x Flu que foram só decepção até agora no novo ano que começa, bem, o Flamengo venceu o Atlético Mineiro mas o que vi do Galo ontem, contra o Uberlândia, dá para entender porque aquele amontoado rubro-negro conseguiu vencer.

E os vascaínos dirão novamente, pintou o campeão? Tudo como sempre em São Januário, a torcida presente, animada e feliz com o time, pênalti para Nenê cobra…