Copa do Mundo - Quatro vagas em aberto na América do Sul


Acredito que  hoje, terça-feira, os jogos das Eliminatórias da América do Sul, para a Copa da Rússia, ganhe uma emoção a mais. Hoje tem alguns jogos, como este Colômbia x Brasil, que podem definir, ou não, as três vagas em aberto para as seleções do continente. Uma vitória colombiana, lá em Barranquilla, esta tarde (o jogo é às 15 horas lá) pode garantir a classificação deles, não matematicamente, mas nos próximos dois jogos Colômbia terá que fazer apenas dois pontos para se garantir e os adversários são Paraguai, em casa, e Peru, em Lima. 

Outro jogo de suma importância para o mandante será jogado em Assunção, entre Paraguai (21 pontos) e Uruguai (25 pontos), e quem vencer abre espaço na briga por vaga e quem for derrotado ficará em situação complicada, principalmente se a Argentina passar, como deve ser o normal, pela Venezuela em Buenos Aires. 

Situação difícil é a do Chile, goleado na última rodada em casa, pelo Paraguai, e agora terá que enfrentar a altitude de La Paz e enfrentar a perigosa Bolívia lá na altitude da capital boliviana. Sim, perigosa Bolívia jogando em casa pois no nível do mar os bolivianos são presas fáceis e o Chile vai sofrer para ficar entre os quatro com vagas diretas. 

Quem pode entrar na briga por vaga é o Equador (20 pontos) já que enfrenta o também concorrente Peru (21 pontos) jogando ambos as suas últimas fichas para ficarem pelo menos com a quinta vaga, a vaga da repescagem que também está em jogo e totalmente em aberto. 

Só para lembrar o Brasil tem 35 pontos, classificado, muito atrás tem a Colômbia, 25 pontos, Uruguai, 24 pontos e Argentina, 23 pontos mas ao lado do Chile e a vaga por enquanto fica com os platinos pelo saldo de gols. Peru, 21 pontos, Paraguai, 21 pontos e saldo de -5 gols, e Equador, 20 pontos, são os candidatos a quinta vaga ao lado de Chile e Argentina. Bolívia e Venezuela com 10 e 7 pontos, respectivamente, farão apenas figuração nestas três rodadas finais. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vitinho brilha no empate com o Vasco em Volta Redonda

Mais um adeus: Ricardo "Gagão" Padilha já é saudade.

Kátia é saudade eterna, adeus, amiga.