Por que Flamengo x Macaé será no Maracanã?

Um pedido, do amigo/seguidor, Márcio Rocha, me fez procurar uma fonte de informação correta, obrigado jornalista Tiago Ferreira, para ter a certeza do que falo ou informo aos leitores do blog. 

E o Tiago Ferreira, profundo conhecedor dos bastidores da Ferj e do Macaé Esporte, onde trabalhou anos e anos como assessor de imprensa, me repassa o que precisava saber, a pedido do Márcio, sobre a transferência do mando do Macaé para o Flamengo na primeira rodada da Taça Guanabara. 

O pedido ocorreu devido aos problemas acontecidos no Estádio Cláudio Moacir, em Macaé, um desabamento de arquibancadas, provocados pelas fortes chuvas, e um incêndio, nas torres de iluminação, fizeram com que o estádio fosse interditado pela Defesa Civil e, claro, impedindo a realização de jogos pelo mandando, o Macaé Esportes, que inclusive jogou a partida decisiva da Seletiva em Cardoso Moreira. 

E por que o Flamengo torna-se "mandante"? Tiago Ferreira explica:
- Pelo regulamento (Art. 38, Vl B) as partias que envolvam apenas um grande clube, independentemente de mandante ou visitante, poderão ser realizadas em estádios com capacidade aprovada pelo Lauto de Prevenção de Combate a Incêndio em receber um público igual ou superior a quinze mil torcedores. 

Este acordo será feito entre as partes e referendado em reunião e o jogo terá renda dividida (50% para cada equipe) salvo acordos entre as partes. 

Então, digo eu, o Macaé Esporte usou de um artigo do regulamento e negociou a partida, informações que me chegam dizem que por um valor bem menor do que pensamos, dizem que R$ 50 mil e que o Flamengo cobrirá todas as despesas e possíveis prejuízos de bilheteria ou despesas de realização, o "cachê" do alvianil praiano é livre e imutável. 
















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Kátia é saudade eterna, adeus, amiga.

Pitacos sobre a terça na Champions, Série B etc e tal

Sobre VAR, apito amigo e Brasileirão